RIM já rebaixou preço do produto uma vez e fez liquidação para alavancar vendas, mas preço deve cair mais até o Natal

Depois de reduzir o preço de todas as versões do PlayBook em US$ 200 e até fazer uma liquidação "compre 2, leve 3" , a Research in Motion (RIM) reduzirá o preço do tablet novamente de olho nas vendas para o Natal. De acordo mensagem publicada por meio do Twitter da empresa, o produto em sua versão mais barata, com 16GB, deve custar US$ 199 (cerca de R$ 361) por tempo limitado nos Estados Unidos.

LEIA TAMBÉM:
Futuro da BlackBerry depende do sucesso do novo sistema
Novo sistema da BlackBerry é aposta da RIM para sair da crise

RIM reduz preços do PlayBook, de novo, para tentar alavancar vendas no Natal
Getty Images
RIM reduz preços do PlayBook, de novo, para tentar alavancar vendas no Natal
A RIM ainda não apresentou data para o início das vendas do PlayBook pelo novo valor, que é o mesmo do tablet Kindle Fire, o primeiro lançado pela Amazon e atualmente o mais barato disponível no mercado americano. No último final de semana, um site de comércio eletrônico dos EUA baixou o preço do PlayBook por conta própria e, rapidamente, todas as unidades esgotaram.

Por conta das críticas à qualidade do aparelho , o PlayBook fez pouco sucesso nos Estados Unidos. Além da falta de aplicativos disponíveis para a plataforma, chamada QNX, o tablet chegou ao mercado sem cliente de e-mails nativo e sem conexão 3G - é preciso ter um smartphone BlackBerry para acessar os serviços. As fracas vendas do tablet representam um dos fatores que levaram a RIM a uma crise frente a fortes concorrentes, como a Apple e os fabricantes de aparelhos com Android.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.