Segundo autor da ação, aplicativo Siri não funciona da mesma forma que em comerciais de TV da Apple nos EUA

Siri, novo aplicativo do iPhone 4S, é motivo de processo nos EUA
Getty Images
Siri, novo aplicativo do iPhone 4S, é motivo de processo nos EUA
Um americano que comprou o iPhone 4S para usar o aplicativo de assistente pessoal Siri decidiu processar a Apple por propaganda enganosa. De acordo com o jornal The Wall Street Journal , Frank M. Fazio registrou um processo na corte de Nova York em que afirma que os anúncios da Apple transmitem "uma mensagem enganosa" sobre o funcionamento do Siri.

No processo, Fazio alega que comprou o iPhone 4S em novembro e que percebeu que o Siri funciona de maneira diferente da mostrada nos comerciais da Apple.

"Em vários comerciais de TV da Apple, as pessoas são mostradas enquanto agendam compromissos e encontram restaurantes com a ajuda do Siri, uma funcionalidade mostrada de maneira contrária a seus resultados reais", diz o texto do processo.

Fazio afirma no texto que o Siri é "um projeto em andamento" e pede indenização por danos de valor não especificado no processo. Procurada pelo jornal, a Apple não comentou as acusações.

    Leia tudo sobre: aplicativo
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.