Tamanho do texto

Por conta de ajustes complexos que envolvem dispositivos, como TVs, monitores e câmeras, nova tecnologia deve demorar para chegar aos usuários

O Skype deve lançar um recurso que permitirá que os usuários façam chamadas de vídeo em 3D. No entanto, a tecnologia, confirmada em um entrevista do Skype à BBC , deve demorar alguns anos para chegar ao mercado. "Nós trabalhamos no laboratório explorando a possibilidade das telas e tecnologias de captura em 3D", diz Mark Gillett, vice-presidente corporativo da Microsoft para o Skype.

LEIA TAMBÉM:
Como dar os primeiros passos no Skype

Criado em 2003, Skype permite fazer chamadas de voz, vídeo e enviar mensagens instantâneas
Getty Images
Criado em 2003, Skype permite fazer chamadas de voz, vídeo e enviar mensagens instantâneas

De acordo com o executivo, a empresa acompanha o desenvolvimento das TVs e monitores que suportam a exibição de imagens em 3D, mas ainda há restrições no uso. "Os dispositivos de captura ainda não chegaram lá. Ao trabalhar com este tipo de tecnologia, você precisa adicionar múltiplas câmeras ao seu computador, calibrá-las precisamente e apontá-las para o ângulo correto", explica o executivo.

A informação foi divulgada nesta quinta-feira (29), data que marca o aniversário de 10 anos do Skype. O serviço de chamadas de voz sobre IP (VoiP) foi fundado em 2003 por Janus Friis e Niklas Zennström. Em maio de 2011, a Microsoft anunciou a aquisição da empresa por US$ 8,5 bilhões. Em novembro de 2012, a Microsoft informou que o Skype substituiria o MSN Messenger como sua plataforma de comunicação, o que efetivamente ocorreu em 30 de abril .

De acordo com Gillett, o recurso de chamadas de vídeo em 3D funciona em laboratório, mas a empresa trabalha com fabricantes de dispositivos, como câmeras, para verificar a possibilidade de suporte à tecnologia. "Estamos olhando para o ecossistema de dispositivos e sua capacidade de suportar as chamadas de vídeo em 3D para depois tomar a decisão de quando trazer algo desse tipo para o mercado", diz Gillett, à BBC.

3D anda devagar

A possibilidade de fazer chamadas em vídeo em 3D pode ser um fator importante para impulsionar a indústria de TVs e dispositivos móveis com suporte à tecnologia. Apesar de a maioria dos fabricantes de TVs oferecerem modelos 3D (com tecnologia ativa ou passiva), ainda há pouco conteúdo disponível no mercado, o que impediu o crescimento significativo deste mercado nos últimos anos.

Contudo, a chegada do recurso de chamadas de vídeo em 3D por meio do Skype deve demorar a ser lançada. "Eu consigo imaginar um dia em que você terá um celular que tenha tela com suporte a 3D que não exija o uso de óculos 3D. É menos claro para mim se vamos ter câmeras 3D nos smartphones", disse o executivo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.