Tamanho do texto

Estoque inicial do iPhone 5S, versão mais avançada do produto, já está esgotado e lojas começam a receber novos lotes do smartphone

A Apple anunciou, nesta segunda-feira (23), que vendeu 9 milhões de unidades do iPhone 5S e iPhone 5C nos primeiros três dias após a chegada do produto às lojas. Por meio de comunicado à imprensa, a Apple também informou que mais de 200 milhões de dispositivos com sistema operacional iOS já rodam a atualização liberada na semana passada, a mais radical já realizada desde o lançamento do iPhone.

LEIA TAMBÉM:
Novos iPhones são excelentes, mas inovam pouco

A empresa não divulgou a participação do iPhone 5S e do iPhone 5C nas vendas totais dos novos iPhones, o que dificulta a comparação com os lançamentos anteriores que incluíram apenas um novo modelo de iPhone. Ao comparar o total divulgado pela Apple, o número de iPhones vendidos nos primeiros três dias é 80% maior a quantidade de unidades do iPhone 5 vendidas no final de semana da chegada do produto às lojas.

Fãs da Apple fazem filas pelo mundo para comprar iPhone 5S e iPhone 5C. Veja fotos:

Além de os números divulgados pela Apple incluírem dois modelos de aparelhos, o lançamento também ocorreu pela primeira vez na China. Um dos maiores mercados de smartphones do mundo, a China nunca havia sido incluída na lista dos primeiros países a receber o produto. Além dos Estados Unidos e da China, outros nove países receberam o iPhone 5S e o iPhone 5C: Austrália, Canadá, França, Alemanha, Japão, Cingapura e Reino Unido.

O estoque inicial de iPhone 5S, a versão mais avançada do produto, já estão esgotados e as lojas começam a receber novos lotes do produto. No final de setembro de 2012, quando a Apple lançou o iPhone 5, os estoques da empresa também esgotaram após o primeiro final de semana. Até aquele momento, o iPhone 5 havia superado o bom desempenho registrado pelo iPhone 4S, que vendeu mais de 4 milhões unidades nos primeiros três dias.

Novos aparelhos

Anunciados no início de setembro, o iPhone 5S e o iPhone 5C chegaram ao mercado na última sexta-feira (20). A maior novidade da versão mais avançada do produto é o leitor de digitais, que permite que o usuário desbloqueie a tela do aparelho e autorize compras na App Store sem usar a senha. Além disso, o produto vem equipado com processador mais poderoso e maior sensor de câmera.

A Apple também apresentou o iPhone 5C, uma versão mais barata do iPhone, que promete fazer sucesso em países emergentes. O produto possui traseira de policarbonato colorido, parecido com os smartphones da linha Nokia Lumia, e o produto tem configurações similares às do iPhone 5 -- modelo que foi descontinuado pela Apple neste mês. Os dois produtos estão à venda em nove países e ainda não há previsão de chegada do produto ao Brasil.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.