Tamanho do texto

Chamado de miCoach, novo produto da marca possui GPS e monitor de frequência cardíaca integrado para monitorar desempenho de atletas

Além das empresas de tecnologia, outras marcas também estão investindo em relógios inteligentes que funcionam integrados com o smartphone. A Adidas anunciou esta semana seu primeiro modelo: ele possui GPS para monitorar a velocidade e distância percorrida pelo usuário ao fazer exercícios, como caminhadas ou corridas. O miCoach possui tocador de MP3 e também monitor cardíado, para mostrar o desempenho cardiovascular do seu dono.

LEIA TAMBÉM:
Compare o Galaxy Gear com o Pebble e outros relógios inteligentes
Óculos inteligentes do Google ganham novos concorrentes

Primeiro relógio inteligente da Adidas permite monitorar frequência cardíaca e desempenho nos treinos
Divulgação
Primeiro relógio inteligente da Adidas permite monitorar frequência cardíaca e desempenho nos treinos

O novo relógio inteligente da Adidas custará US$ 400 nos Estados Unidos (cerca de R$ 860), preço mais alto do que o sugerido para concorrentes como o Galaxy Gear, da Samsung, Pebble e outras opções com recursos similares, como o da pulseira inteligente Nike FuelBand. O produto da Adidas chegará às lojas em 1º de novembro nos EUA. Ainda não há previsão de lançamento do produto no Brasil.

Os dispositivos que o usuário pode “vestir”, como óculos e relógios de pulso conectados, devem representar uma boa parte do mercado de tecnologia no futuro. De acordo com a consultoria Juniper Research, em um estudo publicado no início deste mês, o mercado total para estes dispositivos, que inclui aparelhos médicos e corporativos além dos acessórios conectados para pessoas comuns, alcance 70 milhões de unidades em quatro anos.

Os produtos mais populares no futuro, segundo a consultoria, serão aqueles que tiverem funções relacionadas a esportes ou saúde, como aplicativos para monitorar a frequência cardíaca durante uma corrida ou mapas para traçar o percurso da bicicleta. De acordo com o estudo, os aparelhos com estas características devem representar 80% do mercado em 2017. A maior parte das vendas, como normalmente ocorre, ficará concentrada nos EUA e Europa.

Confira na galeria de fotos abaixo outros modelos de relógios inteligentes:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.