Tamanho do texto

Ross William Ulbricht foi condenado em fevereiro por um tribunal federal, mas só hoje soube da prisão perpétua

Ulbricht foi acusado de controlar o site Silk Road sob o codinome de Dread Pirate Roberts e agora sentenciado a prisão perpétua
Página de Ross Ulbricht no Google+
Ulbricht foi acusado de controlar o site Silk Road sob o codinome de Dread Pirate Roberts e agora sentenciado a prisão perpétua

Nesta sexta-feira (29), Ross William Ulbricht, 31 anos, o homem que criou o site de tráfico de drogas online Silk Road, foi setenciado a passar o resto da sua vida na prisão segundo informações da rede NBC New York . Ulbricht foi condenado em fevereiro por um tribunal federal dos Estados Unidos, mas só hoje soube da prisão perpétua . Ele foi condenado por sete acusações que vão desde venda de drogas até conspiração, incluíndo crimes de lavagem de dinheiro, tráfico de drogas e formação de quadrilha, por um júri que deliberou por apenas três horas.

LEIA MAIS:  Bitcoins confiscados de Silk Road serão vendidos em leilão em junho

Até a decisão final, Ulbricht apelava por sua liberdade, dizendo ser um homem mudado. Em uma carta enviada ao juíza distrital Katherine Forrest, Ulbricht disse que lamentava o que ele chama de uma "ideia muito ingênua e cara."

Ele disse que arruinou sua vida e destruiu seu futuro por aquilo que ele agora chama de "erro terrível", e prometeu deixar de ser um risco e um rebelde se a ele fosse dado algo menos do que a sentença de prisão perpétua recomendada pelo departamento da prisão preventiva. "Por favor, deixe uma pequena luz no fim do túnel, uma desculpa para eu me manter saudável, uma desculpa para sonhar com dias melhores, e uma chance de me redimir no mundo livre antes de eu conhecer meu criador", escreveu ele.

Os promotores, no entanto, pediu uma sentença substancialmente maior do que os vinte anos que são o mínimo obrigatório, dizendo que Ulbricht estava envolvido em uma nova maneira de usar a internet para minar a lei e facilitar transações criminosas. O hacker foi preso em uma biblioteca de São Francisco em 2013, dois anos após o lançamento de Silk Road.

Os promotores disseram que Ulbricht ganhou mais de US$ 18 milhões em bitcoin operando um site com milhares de anúncios em categorias como "Cannabis", '' Psychedelics" e "estimulantes ". Além disso, eles afirmam que o site intermediou mais de um milhão negócios de droga no valor de US$ 213 milhões.

Para apoiar a sentença, promotores disseram que o tráfico de narcóticos facilitado pelo site de Ulbricht resultou em pelo menos seis mortes relacionadas com a droga, incluindo um funcionário da Microsoft de 27 anos e um menino de 16 anos, em Perth, na Austrália. Eles também disseram que, pelo site, pessoas solicitaram assassinatos múltiplos para matadores de aluguel, embora as autoridades não tenham encontrado nenhuma evidência de que alguém foi morto.

"O site permitiu que milhares de traficantes de drogas expandissem seus mercados, da calçada ao ciberespaço, e, assim, chegassem a inúmeros clientes que eles nunca poderiam ter encontrado na rua. A consequência foi aumentar enormemente o acesso a drogas ilícitas".

*Com informações da AP.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.