Tamanho do texto

Novidades da empresa foram mostradas em evento na China

Ao que parece, a Lenovo tem um algo mais em comum com o Google além do interesse pela Motorola, empresa que comprou da gigante de buscas no ano passado. Nesta semana, em um evento próprio na China, o Lenovo Tech World, a fabricante mostrou algumas inovações interessantes, como Lenovo Cast, em poucas palavras, um acessório que chega para concorrer com o Chromecast, e para levar conteúdo de dispositivos móveis para a televisão. 

No site em português do evento , há poucas informações sobre o produto, mas um interessante "em breve". O Lenovo Cast será lançado em agosto em todo o mundo, logo, pode incluir o Brasil, por US$ 49, cerca de R$ 150. 

O Lenovo Cast é um equipamenteo circular capaz de enviar conteúdo desde qualquer dispositivo móvel para uma tela grande de TV, desde que esta seja equipada com entrada HDMI. O acessório se conecta via Wi-Fi com smartphones e tablets, mas também é compatível com conexões como DNLA e Miracast, encontradas em vários aparelhos.

De acordo com a empresa, o sinal de transmissão do Lenovo Cast penetra por até duas paredes e tem um bom desempenho mesmo em longas distâncias, "até 20 metros" diz a fabricante. Além disso, o Wi-Fi atua em duas frequências (2.4G e 5G) para garantir mais estabilidade e, de acordo com a fabricante, o Lenovo Cast possui uma antena de alta qualidade que diminui a interferência. 

O equipamento tem 70mm de diâmetro e 15mm de altura. O Lenovo Cast vai funcionar com aparelhos que rodem Android 4.3 e acima, e com dispositivos Windows 8.1 e acima e iOS que possuam conexões DNLA ou Miracast. 

Lenovo Smart Cast

A Lenovo aproveitou o evento para mostrar que está acompanhando outras tendências e tentando inovar em produtos já consolidados, como os smartphones. Um dos conceitos apresentados no evento é o do smartphone Smart Cast, um celular com projetor integrado que permite ao usuário projetar vídeos em qualquer superfície. Além disso, graças a um detector de movimento infravermelho e de algoritmos de alto desempenho, o Smart Cast possibilita também ao usuário transformar uma mesa em uma tela sensível ao toque para jogar, por exemplo, ou mesmo para digitar em um teclado virtual. O aparelho permitirá, inclusive, que o usuário projete conteúdo na parede enquanto visualiza outro diferente ao mesmo tempo na tela do smartphone.

O módulo de projeção fica na parte inferior do smartphone e funciona de duas maneiras. Quando deitado, o celular exibe imagens de vídeos ou fotos em uma parede. Esse é o "wall mode”. No “surface mode”, o modulo é girado e o celular é posicionado de ponta cabeça, de modo que as projeções são feitas na superfície.

Relógio inteligente e Internet das Coisas

A Lenovo aproveitou o Tech World para mostrar outros produtos conceituais, como o Magic View, um relógio inteligente com duas telas, uma redonda e outra quadrada, na pulseira, sendo essa segunda responsável por mandar as imagens direto para o olho. Essa tela virtual interativa usa reflexão óptica para criar uma imagem virtual e permite que os usuários vejam um vídeo mais de 20 vezes maior do que na tradicional. 

Também no evento foi mostrado o conceito de um Smart Shoes, ou tênis inteligente, que se relaciona com a ideia de Internet das Coisas. Em um mesmo produto, a Lenovo uniu a computação em nuvem, com soluções de hardware, software e aplicações, para criar algo diferente. Os sapatos inteligentes exibem o humor do usuário em uma tela colocada na lateral do tênis, mas é capaz também de acompanhar e analisar dados fitness, incluindo batimentos cardíacos e consumo calórico, e até mesmo de fornecer mapas e orientações para lugares.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.