Tamanho do texto

A iniciativa foi uma espécie de ação publicitária de uma empresa de smartphones localizada na cidade

Projeto é ação de uma loja de celulares da Antuérpia
Instagram/Reprodução
Projeto é ação de uma loja de celulares da Antuérpia

Pessoas que escrevem no celular enquanto andam ganharam, na cidade belga de Antuérpia, "faixas" provisórias, para evitar que elas se choquem com os demais pedestres.

A iniciativa foi uma espécie de ação publicitária de uma empresa de smartphones localizada na cidade.

A loja diz ter criado as chamadas "text walking lanes" porque muitas pessoas vinham quebrando seus aparelhos celulares por colidirem com transeuntes na rua.

Estima-se que já haja mais celulares do que pessoas no planeta: números recém-divulgados por operadoras de telefonia e empresas associadas mostram que há cerca de 7,5 bilhões de celulares no mundo, em comparação a uma população global de cerca de 7,2 bilhões.

"Você provavelmente anda pelas ruas enquanto escreve mensagens ou digita no Whatsapp e não presta atenção nos arredores - só no que está acontecendo na sua tela (de celular)", disse à Yahoo News um porta-voz da Mlab, loja de tecnologia de Antuérpia.

"Isso causa colisões com postes ou pedestres. Você pode, sem saber, estar colocando sua vida em risco ao 'escrever enquanto anda' e cruzar a rua sem olhar para frente."

Ainda que as "faixas exclusivas" sejam apenas temporárias, dizem autoridades, existe a possibilidade de elas se tornarem permanentes em Antuérpia.

IMAGENS:  'Cuidado, drones': designer brinca com placas de rua 'do futuro'


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.