Tamanho do texto

A mais recente versão do mais famoso sistema operacional para computadores começa a ser distribuído neste 29 de julho

AP

Usuários de Windows 7, 8 ou 8.1 que desejarem atualizar para o Windows 10 precisam reservar seu download, que será disponibilizado em algum momento pela Microsoft
Reprodução
Usuários de Windows 7, 8 ou 8.1 que desejarem atualizar para o Windows 10 precisam reservar seu download, que será disponibilizado em algum momento pela Microsoft

O Windows 10, novo sistema operacional da Microsoft, estreia nesta quarta-feira (29), e enquanto líder de longa data em entre os sistemas operacionais da PC, espera que a atualização gratuita ajude a esculpir seu novo papel em um mundo em que as pessoas dependem cada vez mais smartphones, tablets e informação armazenadas na nuvem.

A empresa espera que dezenas ou mesmo centenas de milhões de pessoas baixem o seu mais recente lançamento nos próximos meses. Muitas pessoas também terão o Windows 10 como parte dos novos PCs que chegam ao mercado. O lançamento será acompanhado de uma campanha de marketing global, pois a empresa vê o evento como crucial, tanto para o seu próprio futuro e quanto para um vasto público de usuários de computadores ao redor do mundo.

LEIA TAMBÉM:  Três novidades e uma crítica ao novo Windows 10

Cortana, novo navegador e óculos holográfico: as novidades do Windows 10

O Windows 10 chegará para PCs e tablets em primeiro lugar, mas também foi projetado para ser executado smartphones, consoles de jogos e até mesmo em óculos holográficos. Ele tem novos recursos, como um navegador da web simplificado chamado Edge e uma versão desktop do Cortana, a assistente online que é a resposta da Microsoft ao Google Now e a Siri da Apple.

Ainda assim, a empresa insiste que o Windows 10 vai parecer familiar aos usuários de Windows 7, o sistema operacional de seis anos de idade, ainda em execução na maioria dos PCs. Fabricantes de PC parceiros da Microsoft ainda desejam apagar da memória a última grande atualização de 2012, o Windows 8, que alienou muitos com seu design pesado e dissonante.

A Microsoft pulou o nome Windows 9 para se distanciar ainda mais deste último lançamento. Enquanto muitos analistas acreditam que o Windows 8 fez as vendas de PCs serem ainda piores, não está bem claro se o Windows 10 será capaz de estimular a indústria de volta ao seu crescimento.

MWC 2015:  À primeira vista, Windows 10 parece mais um ajuste do que uma evolução

Ainda assim, esse é um lançamento importante. Saiba porque.

1) O que acontece nesta semana?

A Microsoft planeja eventos promocionais em diversas cidades nesta quarta-feira, amarrando esses eventos em uma campanha de publicidade global e a uma série de doações de caridade. Cerca de 5 milhões de pessoas que se inscreveram em um programa de testes anteriormente será capaz de baixar o Windows 10 imediatamente.

A empresa também está oferecendo o Windows 10 como um download gratuito, a qualquer momento durante o próximo ano, para quem tem a versão inicial ou Pro do Windows 7 ou 8 (mas não para quem tem as versões Enterprise, utilizadas por grandes organizações). Algumas pessoas podem não obtê-lo no primeiro dia: a Microsoft diz que vai entregar os downloads em ondas, para assegurar que as coisas correram bem, mas não disse quanto tempo isso vai demorar. Saiba como reserva seu download .

Varejistas, como Best Buy, Staples e Wal-Mart, nos Estados Unidos terá alguns desktops e laptops com Windows 10 já instalado. Mais modelos estão chegando.

2) Por que a Microsoft está dando o Windows 10 de graça?

A empresa quer colocar o novo software em quantos dispositivos for possível. A Microsoft precisa ter um grande grupo de usuários para convencer os programadores independentes de que vale a pena investir seu tempo para construir aplicativos úteis ou divertidos para os dispositivos com Windows 10. Os executivos também acreditam que se as pessoas estão expostas a um Windows mais recente e melhor, elas estão mais propensas a experimentar outros produtos da Microsoft em computadores e dispositivos móveis.

O CEO Satya Nadella deseja ter um bilhão de dispositivos executando o Windows 10 em três anos. A Microsoft estima que existam 1,5 bilhão de pessoas usando atualmente algum tipo do Windows. Ao invés de cobrar para atualizar, como Microsoft costumava fazer, a empresa está abraçando o modelo de download gratuito pioneiro da Apple e do Google.

3) Mas como a Microsoft vai ganhar dinheiro?

A Microsoft ainda vai cobrar taxas de licenciamento de fabricantes de PC que instalam o Windows 10 em máquinas novas. Nos últimos anos, a maioria dos consumidores espera o momento de comprar um novo computador para obter a mais recente versão do Windows. A Microsoft também faz dinheiro com a venda do Windows e de outros softwares para grandes empresas e organizações.

Além disso, a Microsoft está contando com Windows 10 para estimular mais o uso de outros serviços. A Microsoft ganha dinheiro com a venda de publicidade para o seu buscador Bing, além de que o Windows 10 vem com muitos aplicativos que orientam as pessoas a usar o Bing. A empresa também cobra taxas de pessoas que usam versões premium do seu software Office, armazenamento em nuvem OneDrive e Skype.

4) Por que isso importa para os consumidores?

Microsoft diz que o Windows 10 é projetado para a forma como as pessoas usam computadores hoje, com um navegador da web mais rápido e características que tornam mais fácil iniciar tarefas em um PC e depois mudar para um dispositivo de mão. A Apple e o Google possuem características semelhantes em seus softwares.

O Windows 10 também permite ao usuário fazer login com seu rosto, íris ou impressão digital, em vez de lembrar de senhas, embora isso só funciona com computadores equipados com o hardware certo.

A maioria dos usuários de PC ainda estão trabalhando com o Windows 7, graças à impopularidade do Windows 8. Mas a Microsoft já planeja manter a manutenção e suporte de segurança ao Windows 7 apenas ap longo dos próximos cinco anos, e para o Windows 8 até 2023, como fez com o mais seu irmão mais velho, o Windows XP. Ainda assim, não há necessidade de pânico, nem começar a atualização imediatamente.

5) Por que é importante para a indústria de tecnologia?

O crescimento dos dispositivos móveis vem impactando na vendas de PCs, que diminuíram no últimos mais de três anos, prejudicando fabricantes como Hewlett-Packard e empresas como Microsoft e Intel, cujos produtos são utilizados com PCs.

O Windows 10 não vai fazer as pessoas desistirem de seus gadgets portáteis, mas é parte da estratégia de Nadella para reposicionar a Microsoft em um mundo onde as pessoas usam vários dispositivos. Fabricantes de PC estão esperando que ele seja bem-sucedido.

Jeff Barney, que dirige a divisão de PC da Toshiba, disse que o novo software é mais fácil de usar do que o Windows 8 e irá complementar os avanços de hardware em máquinas mais recentes da Toshiba. Embora Barney não esteja esperando uma grande corrida às lojas quarta-feira, "ao longo do tempo, acho que vamos ver uma tendência positiva nas vendas."


    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.