Tamanho do texto

AmbiLux TV é a evolução da tecnologia Ambilight da Philips

Imagine uma televisão de 65 polegadas com resolução 4K cuja imagem é capaz de ultrapassar as fronteiras das bordas da tela e ganhar a parede da sua sala? Foi exatamente isso que a Philips fez no modelo chamado AmbiLux mostrado na IFA 2015, feira que acontece em Berlim, na Alemanha. 

No mercado de tecnologia, se diferenciar é lei. No segmento de televisores, onde as novidades chegam em ondas a quase todos os fabricantes –  sistemas inteligentes, ponto quântico e, mais recentemente, 4K –, criar algo que lhe seja próprio é indispensável. A tecnologia de iluminação traseira do modelo AmbiLux não é uma inteira novidade para a Philips. Na verdade, deriva do Ambilight, que projeta na parede as cores que estão na tela, dando a impressão de que a TV é maior do que realmente é. Com o AmbiLux, não são apenas cores que ganham as paredes, mas também as imagens, inclusive em movimento.


A Philips explicou como funciona: o sistema clássico do Ambilight cria fileiras de LEDs nas bordas da parte traseira do aparelho para criar um facho de luz colorida na parede atrás da TV. As cores combinam com o conteúdo na tela para criar no usuário a impressão de que a imagem é maior. Na AmbiLux TV, o Ambilight é acompanhado de uma projeção, liberando não apenas as cores do que está na tela, mas também as imagens, por meio de nove pequenos pico-projetores, precisamente posicionados na parte traseira. Uma tecnologia inteligente de sobreposição permite que a projeção expanda as imagens, os movimentos e a cores na parede. O efeito, para quem vê de perto, é o que sugere a Philips: de oferecer uma experiência imersiva que rompe os limites de visualização da própria TV.

A adição de novos modos, como o Modo Música, bem como a existência de outros tantos, como o Modo Jogos, ampliam o leque de utilizadação do AmbiLux. Se antes o Ambilight já causava uma boa impressão, não sendo, porém, definidor na hora de escolher uma nova TV, com o nascimento da AmbiLux TV a Philips tem a chance de provar para si e para o mercado que seu diferencial tem valor para o usuário. 

A Philips AmbiLux TV (65PUS8901), que chega na Europa e na Rússia até o final do ano, roda Android TV, possui processador quad core e um controle remoto próprio para a parte inteligente que conta com teclado QWERTY.

LG mostra protótipo de tela dupla face

Embaixadora da tecnologia de display OLED no mundo (uma vez que porque possui uma unidade de negócios que produz telas), a LG demonstrou nesta sexta-feira (4) uma tela dupla face que reproduz imagem na parte da frente e na parte de trás. O display dupla face de 55 polegadas tem espessura de aproximadamente 5,3 milímetros, menos que muito smartphone, e pesa apenas 12 kg. Com a mesma tela dupla face, a LG mostrou um segundo protótipo que junta três telas Ultra HD (4K) de 65 polegadas para criar um display em onda que reproduz imagem em ambos os lados, chamado de Vertical Tiling OLED.

Embora não pareça adequado para uma casa à primeira vista, esse tipo de tela dupla face pode ser interessante para uso comercial, quando grandes televisores são colocados dentro de shoppings em pedestais, por exemplo.

*A jornalista viajou para a Alemanha a convite da Asus Brasil.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.