Tamanho do texto

Sétima versão do sistema operacional móvel da Xiaomi estará disponível no mundo todo a partir do dia 16 de outubro

Hugo Barra, presidente de internacionalização da Xiaomi, apresenta o MIUI 7
Valdir Ribeiro Jr
Hugo Barra, presidente de internacionalização da Xiaomi, apresenta o MIUI 7

Na última quinta-feira (25), a Xiaomi, empresa chinesa de tecnologia presente no Brasil há três meses, anunciou a data de lançamento da sétima versão do seu sistema operacional, o MIUI 7. A atualização poderá ser feita a partir do dia 16 de outubro nos mais de 150 milhões de aparelhos do mundo todo que utilizam o sistema da empresa.

O MIUI é um sistema feito a partir de modificações no Android, do Google, e se inspira bastante em recursos utilizados no iOS, da Apple. Disponível em beta desde agosto, o MIUI 7 é um sistema operacional criado com total parceria entre a Xiaomi e seus usuários. Isso acontece a partir da comunidade online da empresa, que conta com mais de 12 milhões de pessoas e 44 mil posts diários com discussões sobre como melhorar o uso de smartphones.

A sétima versão do MIUI traz novas interfaces padrões totalmente redesenhadas, funções para diminuir o consumo de bateria do aparelho e também ferramentas de compressão que economizam o consumo de dados de internet.

Vivo e Xiaomi anunciam parceria para vender o Redmi 2 com planos de telefonia.
Valdir Ribeiro Jr
Vivo e Xiaomi anunciam parceria para vender o Redmi 2 com planos de telefonia.

No mesmo dia, a empresa também anunciou uma parceria com a Vivo para vender o Redmi 2, smartphone da empresa que, até então, só podia ser comprado pela loja virtual da Xiaomi pelo preço de R$499. Agora, o aparelho pode ser adquirido em mais de 300 lojas da Vivo por R$249, no plano SmartVivo Pós 2GB.

Bateria e compressão de dados

Segundo Hugo Barra, presidente de internacionalização da Xiaomi, 48% da bateria de um smartphone é drenada por aplicativos ativos em segundo plano - principalmente aqueles que utilizam GPS. Por isso, foram adicionadas restrições às funções que um programa pode ativar quando não está em primeiro plano.

No MIUI 7 a CPU do smartphone é otimizada para sincronizar o push dos aplicativos
Valdir Ribeiro Jr
No MIUI 7 a CPU do smartphone é otimizada para sincronizar o push dos aplicativos

Outra mudança também feita para aumentar o tempo útil da bateria foi a otimização da CPU. Com as novas configurações, a unidade de processamento alinha o tempo de push dos aplicativos, para que todos se conectem à internet ao mesmo tempo quando forem buscar atualizações.

De acordo com Barra, essas mudanças permitiram que a bateria de um aparelho com o MIUI 7 durasse até 10% a mais em relação à de um dispositivo com a versão antiga.

Compressão de dados similar à do navegador Opera foi adicionada ao MIUI 7
Valdir Ribeiro Jr
Compressão de dados similar à do navegador Opera foi adicionada ao MIUI 7

O MIUI 7 também traz uma função de compressão de dados similar à do navegador Opera. Só que, em vez de realizar a compressão apenas no browser, o novo sistema móvel da Xiaomi irá comprimir dados de todos os aplicativos que se conectam com a internet. Como exemplo, Barra citou o Instagram, que teve uma economia de 52% dos dados de internet com o MIUI 7.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.