Tamanho do texto

Satélite será construído em parceria com a Eutelsat, empresa francesa, e deve ser lançado ao espaço em 2016

Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, anunciou iniciativa para lançamento de satélite sobre a África
AP Photo/Manu Fernandez
Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, anunciou iniciativa para lançamento de satélite sobre a África

Na tarde desta segunda-feira (5), o criador e diretor-executivo do Facebook, Mark Zuckerberg, anunciou pela rede social uma nova ação para entregar internet de graça no continente africano por meio de satélites. A iniciativa faz parte do Internet.org, projeto da empresa elaborado para levar uma conexão mínima e gratuita a pessoas desconectadas do mundo todo.

Segundo Zuckerberg, o satélite, chamado Amos-6, será lançado em parceria com a francesa Eutelsat e ficará em órbita sobre a África Subsaariana. O satélite, que ainda está em construção, deve ser lançado ao espaço em 2016.

“O Amos-6 irá cobrir grandes áreas do leste, oeste e sul da África. Nós estamos trabalhando com parceiros locais de todas essas regiões para ajudar as comunidades desses locais a começar a usar os serviços da internet”, escreveu Zuckerberg.

Lançado em maio , o Internet.org é um projeto do Facebook que tem como objetivo dar às pessoas acesso gratuito a mais de 60 serviços básicos da internet, entre eles, o próprio Facebook.

No Brasil, a associação de consumidores Proteste se manifestou contrária  ao Internet.org por considerar que o projeto fere o Marco Civil. O principal motivo disso seria o não cumprimento do princípio da neutralidade da rede, que foi instaurado pelo Marco Civil e garante que não pode existir nenhuma forma de restrição ao tipo de aplicativo ou conteúdo que um usuário acessa na internet.


Na contramão, Zuckerberg já afirmou  que o Internet.org não viola a neutralidade da rede, pois não bloqueia ou desacelera o acesso a outros sites.

    Leia tudo sobre: Facebook
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.