Tamanho do texto

Versão mais robusta do aparelho de entrada da chinesa tem o dobro de memória RAM, 2 GB, e o dobro de espaço, 16 GB

Redmi 2 Pro é versão com 2 GB de RAM e 16 GB de memória de armazenamento
Divulgação
Redmi 2 Pro é versão com 2 GB de RAM e 16 GB de memória de armazenamento

Nesta segunda-feira (5) — e sem muito alarde —, a Xiaomi lançou o Redmi 2 Pro, uma nova versão do seu aparelho de entrada que conta com 2GB de memória RAM e capacidade de armazenamento de 16GB, o dobro do que oferece o Redmi 2 (1GB de RAM e 8 GB de espaço).

Vendido por R$ 729 à vista no cartão de crédito ou no boleto bancário, R$ 230 mais caro que o Redmi 2, o Redmi 2 Pro pode ser adquirido apenas pelo site da Xiaomi, como foi feito com o primeiro celular da empresa chinesa no Brasil.

A novidade estará disponível no próximo Evento de Vendas do site Mi.com, que acontece na quinta-feira, 8 de outubro, a partir das 12 horas. Não é mais necessário se registrar com antecedência para participar dos Eventos de Vendas. Basta criar uma Conta Mi e entrar no site antes do início do Evento de Vendas.

Redmi 2 Pro é versão com melhorias de hardware

Como se pode deduzir pelo nome, o Redmi 2 Pro é uma versão melhorada do seu antecessor, o Redmi 2, e, por esse motivo, bastante semelhante: tem, por exemplo, a mesma tela de 4,7 polegadas de alta definição 1280 x 720 pixels (312PPP) e o mesmo processador Quad-core 64-bit Snapdragon 410.

O conjunto de câmeras também é igual: câmera principal de 8 megapixels com F/2.2 e câmera frontal de 2 megapixels com função beautiful, que aplica filtros que melhoram e disfarçam pequenas imperfeições no rosto. Além disso, tem HDR e controle de exposição manual. A bateria também é a mesma, de 2.200 mAh, e oferece suporte ao Quick Charge 1.0, tecnologia de carregamento rápido.

Por enquanto, o aparelho roda a sexta versão da MUIU, interface própria que modifica o Android e traz funções como gravação de chamadas, controle detalhado do uso da internet móvel, bloqueio de números indesejados, além da personalização do telefone com diferentes temas. A partir de 16 de outubro, porém, os usuários poderão baixar a nova versão do sistema, a MIUI 7, que permitirá mais opções de personalização.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.