Tamanho do texto

Rodando Windows 10, Lumia 950, com tela de 5,2 polegadas, é o novo topo de linha da Microsoft; 950 XL tem 5,7 polegadas

Microsoft anunciou dois novos Lumias rodando Windows 10: 950 e 950XL
Divulgação
Microsoft anunciou dois novos Lumias rodando Windows 10: 950 e 950XL

Nesta terça-feira (6), a Microsoft anunciou uma série de novidades em hardware, dentre elas novos smartphones da linha Lumia, o Lumia 950 e o Lumia 950 XL, aparelhos que rodam a nova versão do sistema operacional, o Windows 10. Além dos novos celulares, a Microsoft apresentou uma nova versão do seu tablet, o Surface Pro 4, a segunda geração da sua pulseira inteligente, a Microsoft Band, seu primeiro notebook próprio, o Surface Book e atualizações sobre o projeto de realidade virtual HoloLens.

Microsoft anuncia seu primeiro notebook com teclado destacável: Surface Book

Como era de se esperar após mais de um ano e meio sem lançamentos de peso, o Lumia 950 é o novo topo de linha da empresa de Redmond, e conta com uma inusitada tecnologia de resfriamento líquido e o novo padrão de conector para cabos, o USB-C. As mesmas características são encontradas na versão maior, de 5,7 polegadas, o 950 XL.

Lumia 950 e 950 XL

Principal aparelho da Microsoft para este final de ano, o Lumia 950 possui tela de 5,2 polegadas com resolução de 2.650 X 1.440 pixels, 3 GB de memória RAM e processador da Qualcomm, o Snapdragon 808, um hexa core com arquitetura de 64 bit.

Mais uma vez, a Microsoft foca na câmera traseira de 20 megapixels com tecnologia PureView, que neste novo aparelho vem equipada com um flash LED triplo e botão dedicado. Além disso, a câmera traseira possui estabilizador óptico de quinta geração e é capaz de gravar vídeos em 4K. A câmera frontal é de cinco megapixels e possui tecnologia de reconhecimento facial capaz de identificar o usuário e com isso desbloquear o aparelho a partir deste processo. No Windows 10, esse recurso é chamado de Windows Hello.

Tanto o 950 quanto o 950 XL vêm equipados com 32 GB de armazenamento interno. Além do tamanho da tela, outra diferença entre os aparelhos é que o 950 possui um processador hexa core e o 950 XL vem equipado com um octa core, o Snapdragom 810, que, segundo a Microsoft, possuem um desempenho ainda melhor graças ao resfriamento líquido dos aparelhos. Já o conector USB-C permite que o usuário carregue 50% da bateria de ambos os modelos em apenas 30 minutos e transfira energia e dados com apenas um cabo, e em ambos os sentidos.

Os dois novos aparelhos chegam em novembro em alguns mercados selecionados — ainda sem informação sobre o Brasil — o 950 por US$ 549 (em torno de R$ 2.150) e o 950 XL por US$ 649 (cerca de R$ 2.500). 

Microsoft Display Dock conecta o smartphone ao monitor, transformando-o num PC
Divulgação
Microsoft Display Dock conecta o smartphone ao monitor, transformando-o num PC

Microsoft Display Dock

Uma dos destaques na apresentação realizada em Nova York, Estados Unidos, foi o Continuum, recurso do Windows 10 que permite que o usuário transforme seu smartphone em um PC completo conectando, via Bluetooth, mouse e teclado, além de um monitor. Para entregar uma melhor experiência, a Microsoft adaptou a interface móvel do Windows 10 para que, uma vez ativado o recurso, o usuário tenha acesso ao botão Iniciar e a um layout mais próximo de um desktop.

Outra novidade da Microsoft é o Display Dock, um adaptador que conecta o celular ao monitor. O novo acessório possui três entradas USB, incluíndo o USB Type-C, HDMI e DisplayPort, ou seja, entrada para monitor tradicional. 




Surface Pro 4

Com tela de 12,3 polegadas, a nova versão do tablet da Microsoft, o Surface Pro 4 vem equipado com processador Intel e é compatível com vários teclados acessórios já encontrados no mercado. Além de um leitor de digital no teclado, o Surface Pro 4 tem integração com a Cortana. Seguindo a tendência da sua arquirival Apple, a Microsoft lançou a Surface Pen, uma caneta que permite ao usuário desenhar ou escrever na tela e conta inclusive com uma borracha na ponta. De acordo com a empresa de Redmond, a caneta possui mais de mil níveis de pressão.

Surface Pro 4 ganhou uma caneta para chamar de sua, a Surface Pen
Divulgação
Surface Pro 4 ganhou uma caneta para chamar de sua, a Surface Pen

Vendido com 1 TB de memória de armazenamento, o Surface Pro 4 terá opção de até 16 GB de memória RAM e chega em alguns mercados no dia 26 de outubro por US$ 899 (cerca de R$ 3.500).

Microsoft Band

A segunda geração da Microsoft Band é um pouco mais fina e possui display curvo OLED com proteção Gorilla Glass 3. Equipada com barômetro além de outros sensores, a pulseira inteligente traz ainda a Cortana, assistente inteligente por comando de voz da Microsoft. Como a primeira versão, a Band 2 tem GPS, sensor de frequência cardíaca, de calorias e de sono, sugestões de treinos e alertas de notificações.

Compatível com Windows Phone, mas também com Android e iOS, a SamrtBand 2 será vendida em alguns mercados selecionados por US$ 249 (cerca de R$ 950).

HoloLens

Uma das primeiras novidades anunciadas pela Microsoft no evento foi o lançamento, em 2016, de um kit para desenvolvedores do HoloLens, o óculos de realidade virtual da Microsoft. Informações de como vai funcionar esse kit não foram liberadas, mas ele já está disponível para pedido e custará US$ 3.000 (cerca de R$ 11.500). Criado pela Microsoft para ser uma ferramenta para o entretenimento e também para os negócios, o HoloLens deve ganhar uma versão para desenvolvedores no próximo ano segundo Satya Nadella, CEO da empresa de Redmond.

Kit de desenvolvimento do HoloLens está à venda por US$ 3.000
Divulgação
Kit de desenvolvimento do HoloLens está à venda por US$ 3.000


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.