Tamanho do texto

A "capa-teclado" permite que o usuário se lembre de como era digitar em um smartphone nos anos 2000 e custará R$ 399,00

No lançamento do Galaxy Note 5, a Samsung apresentou um acessório inusitado: um teclado físico para ser acoplado no aparelho
Emily Canto Nunes/iG São Paulo
No lançamento do Galaxy Note 5, a Samsung apresentou um acessório inusitado: um teclado físico para ser acoplado no aparelho

Junto com o Galaxy Note 5, cuja chegada ao Brasil foi anunciada ontem  (7), a Samsung resolveu trazer ao País a polêmica “capa-teclado”, que lembra os antigos teclados físicos dos aparelhos da BlackBerry.

O acessório, disponível nas cores preta, prata e dourada, funciona como um teclado físico que é acoplado na tela do Note 5 e permite que o usuário se lembre de como era digitar em um smartphone nos anos 2000. Além disso, segundo a Samsung, o preço sugerido para o dispositivo é de R$ 399,00.

Anunciada em agosto , a “capa-teclado” removível aumentaria a produtividade dos usuários que digitam nos smartphones. Isso porque, segunda a empresa coreana, o uso do acessório traz mais precisão na digitação, o que tornaria mais fácil escrever e-mails e conversar em apps de bate-papo.

Embora seja baseado em um modelo já abandonado por quase todos os fabricantes, o dispositivo possui algumas novidades. Além das teclas de números e letras, há também um botão para acionar o comando de voz e até versões físicas dos três botões característicos do sistema Android: voltar, início e gerenciar janelas.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.