Tamanho do texto

Novo aplicativo quer ajudar mulheres que utilizam o transporte público de trilhos a denunciarem ocorrências de abuso sexual

O HelpMe é capaz de enviar mensagens de texto rapidamente para os serviços de atendimento do Metrô e da CPTM
Divulgação
O HelpMe é capaz de enviar mensagens de texto rapidamente para os serviços de atendimento do Metrô e da CPTM

Desenvolvido pelo paulistano Renato Sanches, de 26 anos, o aplicativo HelpMe (inglês para, “me ajude”) foi criado para ajudar as mulheres que utilizam o metrô e os trens de São Paulo a registrarem abusos sexuais ocorridos nos vagões.

O programa é capaz de enviar rapidamente para os serviços de atendimento do Metrô e da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) a mensagem de texto “Estou sofrendo um abuso!!!”. Além disso, o app também traz uma opção que faz o celular tocar um barulho de sirene em volume alto, o que pode ajudar a interromper o abuso.

É claro que nenhuma mulher gostaria de ter de utilizar o programa, mas ter o aplicativo instalado no celular é uma vantagem, pois evita que a usuária tenha que se preocupar em lembrar o número de denúncia ou tenha que digitar manualmente uma mensagem no celular.

O programa também pode ser utilizado para outros tipos de ocorrências, como brigas, vendedores ambulantes, pregação religiosa e vandalismo. Para essas ocasiões, o app traz a opção de mensagem detalhada, na qual é possível adicionar à mensagem o sentido do trem, a próxima estação e o número do vagão.

O HelpMe é gratuito e está disponível para iOS  e Android . O programa foi desenvolvido de forma independente, sem vínculo com as instituições responsáveis pelo transporte sobre trilhos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.