Tamanho do texto

Programa entra para o catálogo de apps da Runtastic, junto a outras opções para treino de pernas, glúteos e abdômen

Runtastic Results
Divulgação
Runtastic Results

Feito para quem quer começar a praticar exercícios, mas prefere fazer atividades dentro de casa, o Runtastic Results é mais um app da desenvolvedora austríaca voltada para o público fitness.

O aplicativo, que é gratuito e está disponível para iOS  e Android , traz uma série de treinos prontos e permite criar planos de exercícios para até 12 semanas. Os treinos podem ser temáticos, como “exercícios para ganhar força” ou “perder gordura corporal”, e trazem várias atividades que aprimoram o condicionamento físico. Alguns exemplos são flexões, alongamentos, abdominais, agarramentos, entre outras.

As atividades são dividias em séries de 15 a 45 minutos, e uma vantagem do app é que ele oferece exercícios que podem ser feitos sem a necessidade de aparelhos ou acessórios. O programa ainda traz vários vídeos que ensinam para o usuário o jeito correto de praticar a atividade.

O Runtastic Results foi lançado recentemente e integra o catálogo da desenvolvedora austríaca Runtastic. Outras opções de apps para treino oferecidos pela empresa trazem ferramentas para monitorar caminhadas e corridas, além de programas com treinos específicos para perna, abdômen e até glúteos.

Para usar o Runtastic Results, é preciso que o usuário possua uma conta da Runtastic, que pode ser feita com um e-mail pessoal ou até com os dados do perfil no Facebook.

Em cada exercício, o usuário acompanha um vídeo de um modelo praticando a atividade. Quando a contagem termina, basta que o usuário arraste o vídeo com o dedo para cima para carregar as imagens do próximo exercício.

Ao fim do treino, o usuário deve responder ao aplicativo se achou o treino “muito fácil”, “muito difícil” ou “difícil, mas no bom sentido”. A resposta é avaliada pelo programa e poderá influenciar na escolha de treino que o app trará para o usuário nos próximos dias.

Todas as séries de exercício são registradas para consulta, e há ferramentas que permitem compartilhar os resultados nas redes sociais.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.