Tamanho do texto

Desenvolvedores podem baixar o preço de seus aplicativos, games ou ainda dos itens à venda dentro de seus programas

Google Play é a loja de aplicativos e games do Google, que comercializa também conteúdos como livros, músicas e filmes
Divulgação
Google Play é a loja de aplicativos e games do Google, que comercializa também conteúdos como livros, músicas e filmes

A partir de agora, a Google Play, loja de apps e games do Google, conta com uma nova funcionalidade que permite aos desenvolvedores do Brasil e de mais 17 países reduzir o preço mínimo de venda de seus aplicativos, jogos e items in-apps – produtos vendidos dentro de um programa, como vidas, armas, poções e etc.

No Brasil, o preço mínimo para compra destes itens passa a ser de R$ 0,99 (noventa e nove centavos), sendo que anteriormente o valor mínimo era de R$ 2,50 (dois reais e cinquenta centavos). Isso quer dizer que os desenvolvedores poderão alcançar um maior número de usuários com a oferta de preços mais baixos e que os usuários poderão encontrar jogos e games por valores mais acessíveis dentro da loja do Google. 

Em seu comunicado, o Google explica que embora disponível em mais de 190 países, o Google Play é uma plataforma global, mas que entende que cada mercado tem necessidades e oportunidades únicas. Além disso, o comportamento de compra, em particular, varia de forma significativa entre os países. "Para fornecer aos desenvolvedores mais flexibilidade, adaptamos as opções de preço oferecidas pelo Google Play de modo que possam ser ajustadas aos consumidores locais e, assim, tornar o conteúdo mais acessível", explica o post oficial.

Para diminuir o preço de seus apps e games, os desenvolvedore podem visitar o Console do Desenvolvedor do Google Play e clicar nas opções “Preço e Distribuição” ou “Produtos In-app” dentro do app cujo valor se deseja reduzir.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.