Tamanho do texto

App é gratuito e está disponível nas plataformas iOS e Android

Aplicativo Yop é espaço de compra e venda de itens novos e usados com jeito de rede social que conta com ferramenta de troca de mensagens
Divulgação
Aplicativo Yop é espaço de compra e venda de itens novos e usados com jeito de rede social que conta com ferramenta de troca de mensagens

Um novo aplicativo chega ao Brasil como opção para os usuários e também as empresas venderem e comparem itens pela internet. Disponível gratuitamente para Android  e iOS , o Yop funciona de forma similar a de redes sociais como Instagram, Facebook e Pinterest. Isso porque a busca dos produtos pode ser feita por geolocalização ou por meio de um feed, uma página do usuário. No app, é possível curtir seus itens favoritos, comentar sobre eles e seguir os melhores vendedores da plataforma. 

No app, qualquer pessoa ou companhia pode vender e comprar usando apenas o celular: roupas, produtos de beleza, acessórios, artigos de casa, artigos esportivos, eletrônicos, eletrodomésticos e, até mesmo, veículos automotivos. O cadastro pode ser feito pelo login do Facebook ou de uma conta Google. Para vender um produto no app, o usuário só precisa tirar de 1 a 4 fotos pelo celular mesmo, adicionar uma descrição e o preço. 

Um dos diferenciais do app é ter seu próprio “WhatsApp”, um chat integrado onde seus usuários podem bater papo, negociar produtos diretamente com os vendedores e fazer uma oferta de compra. Caso ele se interesse pelo produto e queira comprá-lo, o pagamento é feito pelo sistema integrado do Yop. O sistema exige um cadastro do comprador e do vendedor, e após a confirmação da venda, o vendedor só terá disponível o dinheiro do produto depois que o comprador confirmar o recebimento do item. Ao final da compra, o usuário pode fazer uma avaliação da sua experiência e do produto, deixando um feedback aos vendedores e dando um voto positivo, negativo ou neutro.

O app já opera na Argentina, no México e na Colômbia, desde agosto desse ano. No Brasil desde novembro, o app já possui mais de dois milhões de downloads.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.