Tamanho do texto

Principal diferencial frente aos concorrentes Tinder e Happn é o cruzamento feito com ajuda de humanos, não de algoritmos

Os usuários podem receber um
Divulgação
Os usuários podem receber um "match" por dia de acordo com seu perfil

Lançado recentemente no Brasil, o aplicativo de paquera Once promete uma forma mais inteligente e eficaz de conhecer a pessoa certa. Com o conceito "Quem vamos escolher para você?", o principal diferença do Once é uma equipe com 42 pessoas responsáveis pelo "match", o cruzamento de dados. Chamadas de "matchmakers", elas trabalham como cupidos analisando perfis que combinam entre si e substituem os algoritmos. 

As informações levadas em consideração vão de gostos e amigos em comum a altura e religião. Os usuários recebem diaramente, ao meio-dia, a sugestão dos cupidos e têm até um dia para interagir, ou não, com a pessoa sugerida pelo chat disponível no app.

O aplicativo dá prioridade para privacidade e segurança. Nenhum amigo em comum no Facebook saberá que o usuário está no app. Somente as pessoas conectadas entre si, que estarão expostas umas às outras. Dessa maneira, o Once preserva a intimidade de cada um.

Para utilizar o app, basta carregar uma foto, responder a um questionário para definir o perfil e aguardar. Quanto mais informações fornecidas, maiores as chances de um "match" com mais pontos em comum. Disponível para usuários Android , iOS  e por meio de uma plataforma web , o aplicativo conta com 250 mil usuários distribuídos pelo mundo. Criado pelo francês Jean Meyer, o aplicativo conta com um investimento de R$ 12,5 milhões, vindo de uma angariação de fundos e do suporte da Partech VC.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.