Tamanho do texto

Aparelho pesava mais de um quilo e sua bateria durava apenas 30 minutos; aparelho chegou às lojas custando US$ 3.995

Indispensável para muitos, o celular nem sempre foi um dispositivo inteligente como conhecemos atualmente. A primeira ligação usando o aparelho completou 43 anos. Em 3 de abril de 1973, o engenheiro da Motorola, Martin Cooper, usou o DynaTAC (abreviação para Dynamic Adaptative Total Area Coverage)  para falar com seu concorrente Joel Engel, chefe de pesquisa do Bell Labs.

O DynaTac não lembra praticamente nada os celulares atuais. O aparelho permitia conversar somente durante 30 minutos e custava US$ 3.995 (hoje, cerca de R$ 11.380), quando chegou às lojas em 1983. Pesando pouco mais de um quilo e com cerca de 22 cm de altura e 12 de largura, o dispositivo levava dez horas para carregar a bateria.

Décadas depois, a popularidade dos celulares aumentou e o aparelho deixou de ser apenas um objeto para realizar ligações para se tornar um dispositivo importante em diversas atividades.

Segundo o Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), mais 81,5 milhões de pessoas acessam a internet por redes móveis no Brasil. O número representa 47% da população. O número é ainda maior se considerarmos o total de acessos móveis. O País conta com cerca de 257 milhões de linhas ativas, o que representa mais de uma linha por assinante.

Confira fotos que mostram a história do celular:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.