Tamanho do texto

Portal foi derrubado depois de o presidente da Anatel defender limite de uso de dados em planos de internet banda larga

Operadoras não poderão restringir o acesso dos clientes até nova decisão do Conselho Diretor
Thinkstock/Getty Images
Operadoras não poderão restringir o acesso dos clientes até nova decisão do Conselho Diretor

O site da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) voltou a operar no início da tarde desta segunda-feira, após ter sofrido ataques que derrubaram o sistema na semana passada, em meio à polêmica sobre a limitação do consumo de internet banda larga no país.

O site foi derrubado na quarta-feira, assim como o sistema de e-mails da Anatel, depois de o presidente da agência defender a limitação na banda larga fixa.

Na sexta-feira, contudo, a agência anunciou que as operadoras de telefonia do país não poderão restringir o acesso dos clientes à internet de banda larga fixa em nenhuma hipótese, proibição que deve ser mantida até nova decisão do Conselho da Anatel, ainda sem data para acontecer.

No início da semana, a Superintendência de Relações com Consumidores já havia supendido temporariamente o limite do uso de dados na internet fixa. O Conselho Diretor da Anatel passa a ser responsável pela análise e decisões relacionadas ao tema.

A agência não informou se o órgão está conduzindo uma investigação interna para apurar o ocorrido ou mesmo se a polícia foi acionada para solucionar o caso.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.