Tamanho do texto

Disponível para Android e iOS, nova versão da plataforma mostra atenção especial com personalização dos feed de notícias dos usuários

Atualização do LinkedIn deve melhorar recursos de personalização e descoberta de informações na rede social
Divulgação
Atualização do LinkedIn deve melhorar recursos de personalização e descoberta de informações na rede social

A rede social para profissionais LinkedIn apresentou uma atualização em seu aplicativo para Android e iOS. De acordo com o site Digital Trends, a plataforma incluiu novos recursos de personalização e de descoberta de informações para ajudar os usuários a utilizar todas as possibilidades oferecidas pelo feed de notícias. A nova versão mostra atenção especial com as notícias compartilhadas no serviço.

+ Quer se dar bem na internet? Fuja destes 4 mitos das redes sociais

A atualização do app traz novas funcionalidades para o LinkedIn em celulares e tablets. A principal delas é o botão que permite salvar publicações para ler mais tarde. Assim como acontece em aplicativos como o Pocket e Facebook, o recurso acaba com o problema de perder links interessantes ao permitir salvar links como favoritos.

Com a atualização, o aplicativo passa a exibir um ícone no canto inferior direito de publicações com links de notícias. As publicações ficam disponíveis para leitura em uma área específica para os itens salvos.

+ Microsoft anuncia compra do LinkedIn por US$26,2 bilhões

Em relação à personalização do conteúdo exibido, o aplicativo melhorou a área de definição do interesse dos usuários. A plataforma passa a oferecer ferramentas semelhantes às presentes na configuração de aplicativos de notícias como Apple News e Google News para definir os assuntos que serão exibidos no feed.

É possível personalizar a plataforma escolhendo tópicos que você gostaria de ver com mais frequência, os perfis que você deseja seguir e as publicações que você costuma ler. Além disso, é possível silenciar determinadas conexões rapidamente. Para utilizar o recurso, basta selecionar o botão de opções – os três pontinhos no canto superior direito do post – e escolher a opção para deixar de seguir o perfil.

+ Nove dicas para deixar perfil e currículo no LinkedIn imbatíveis

O LinkedIn também apresentou mudanças na aba de pesquisa para permitir a descoberta de conteúdos mais próximos de seus interesses. O usuário pode explorar artigos por meio de tópicos, como dicas de gerenciamento ou últimas informações sobre inteligência artificial – e hashtags. Como lembra o Digital Trends, os novos recursos fazem a rede social se aproximar do Twitter, seu concorrente como rede social de notícias.

    Leia tudo sobre: Aplicativo
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.