Tamanho do texto

Modelo teve 200 unidades fabricadas; computador foi deixado em empresa de reclicagem, que o leiloou por U$S 200 mil

Apple One em museu de computação: idosa se desfez de um exemplar pensando que se tratasse de sucata sem valor
Reprodução
Apple One em museu de computação: idosa se desfez de um exemplar pensando que se tratasse de sucata sem valor

Uma companhia de reciclagem norte-americana está à procura de uma idosa que jogou fora um Apple 1 , o primeiro computador fabricado pela dupla Steve Jobs e Steve Wozniak numa garagem do Vale do Silício. O objetivo é entregar à mulher US$ 100 mil dos US$ 200 mil obtidos no leilão da peça.

O equipamento estava dentro de uma das duas caixas de sucata eletrônica que a idosa levou até à Clean Bay Area, uma empresa da cidade de Milpitas (Califórnia), que coleta, vende os materiais e repassa 50% da renda aos proprietários.

Leia também:

- Computador vendido por Steve Jobs pode ser leiloado por mais de R$ 1,2 milihão

- Dia do Orgulho Nerd: veja os computadores famosos

"Nós não conseguíamos acreditar nos nossos olhos. Achamos que era falso", contou o vice-presidente da companhia, Victor Gichun, à rede de TV NBC. "Era de verdade."

Gichun diz que a idosa não quis pegar recibo dos materiais nem deixar nome e telefone para contato. Por isso, até agora a empresa não conseguiu entregar a ela sua parte da bolada obtida no leilão do equipamento.

"Senhora, apareça em nosso galpão em Milpitas de novo e nós lhe daremos um cheque de US$ 100 mil", apelou Guchin na TV.

O Apple One foi lançado no final da década de 1970, mas deixou de ser fabricado pouco tempo depois. Segundo um professor de computação ouvido pela NBC, apenas 200 unidades foram produzidas.

Veja fotos de computadores históricos



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.