Tamanho do texto

Assistente pessoal da Apple deve ficar mais inteligente nos próximos anos, mas já oferece comandos úteis no dia a dia

Siri
Divulgação
Siri "aprendeu" a falar português apenas em abril, com o lançamento do iOS 8.3

Controlar dispositivos com a voz sempre foi uma das ambições do mundo tecnológico. Presente em filmes como o clássico '2001: Uma Odisséia no Espaço' (1968), e em títulos mais recentes como 'Her' (2013) e 'Homem de Ferro' (2008), o reconhecimento pleno da voz é uma tecnologia que fascina, mas, no mundo real, ainda falta muito para que ela seja totalmente funcional.

Mesmo “falando” português há pouco mais de seis meses, e com uma interação limitada com o usuário, a Siri possui uma extensa lista de comandos que podem ser utilizados no dia a dia. Além de simplesmente abrir aplicativos, iniciar chamadas ou enviar mensagens, a assistente pessoal da Apple pode ser utilizada diariamente, respondendo perguntas como “Vai chover hoje?” e “Como está minha agenda esta semana?”. Veja abaixo quais são os comandos mais úteis para usar com a assistente pessoal da Apple:

Funções para conferir tempo e criar alarmes com comando de voz ajudam no dia a dia do usuário
Divulgação
Funções para conferir tempo e criar alarmes com comando de voz ajudam no dia a dia do usuário

Tempo e calendário

Bastante úteis pela manhã, antes de sair de casa, as funções de alarme e calendário da Siri permitem que o usuário se prepare para a jornada. Perguntas como “como será o tempo amanhã?” e “o que eu tenho para fazer hoje?”, podem impedir que o usuário se esqueça de sair com um guarda-chuva ou perca algum evento importante. Além disso, são comandos básicos fáceis de fazer, ou melhor, falar.

LEIA:  Apple libera iOS 9; saiba as novidades do sistema operacional de iPhones e iPads

Relógio e lembretes

Outras funções muito úteis da Siri são as que ajudam o usuário a lembrar das coisas. Com um comando de voz simples, é possível “colocar alarmes para tocar às seis da tarde” ou “programar um timer para despertar em 30 minutos” — as duas funções são boas, por exemplo, para quando o usuário vai tirar uma soneca ou colocou alguma coisa no forno. Há até como configurar alarmes com notas embutidas como, por exemplo, “me lembre de passar no mercado amanhã às sete da noite”.

A Siri também permite que o usuário crie notas e lembretes apenas com a voz. Um exemplo é o comando “adicionar mercado à lista de tarefas”.

Navegação e contatos

Se o usuário tiver registrado o endereço da sua casa, um simples comando “me mostre o caminho para casa” irá abrir o aplicativo de mapas nativo do aparelho e calcular uma rota até o local. Também é possível obter direções para lugares conhecidos e até restaurantes próximos. Com um comando “Siri, me mostre restaurantes italianos próximos”, seguido de “Me leve até lá”, é bem fácil encontrar algum lugar para comer.

Se o usuário também possuir, além das informações de contato dos seus amigos outros campos, como endereço e aniversário, basta que seja feita uma pergunta simples com o nome da pessoa para a Siri dar a resposta. Um exemplo seria: "Siri, qual o endereço da Fernanda?"

Assistente social possui funções integradas a aplicativos como Shazam, Facebook e Twitter
Divulgação
Assistente social possui funções integradas a aplicativos como Shazam, Facebook e Twitter

Músicas

Além dos comandos simples “tocar, pular, pausar e parar”, a Siri também permite que o usuário escolha um estilo musical ou um artista específico. Ao comando de “Tocar Daft Punk”, por exemplo, a reprodução das músicas do grupo iniciarão em ordem alfabética. Para mudar isso, basta adicionar “Tocar Daft Punk no modo aleatório”, e há até como “voltar” ou “avançar” segundos da música, apenas com comandos utilizando essas palavras.

Uma boa função também pode ser utilizada se o usuário possuir o Shazam instalado no aparelho. Quando uma música desconhecida estiver tocando, tudo que o usuário precisa fazer é ativar a assistente e perguntar “Que música está tocando?”. Se o aparelho estiver conectado à internet, a Siri utilizará o Shazam para buscar a resposta em instantes.

Redes sociais e contatos

Assim como o Shazam possui uma interação exclusiva com a Siri, apps como o Facebook e o Twitter também. Com a assistente social, é possível publicar em ambas redes sociais apenas com um comando de voz de “Tuitar com minha localização ‘enfim, em casa!’”, ou “Publicar no Facebook ‘Bom dia, faces!’ ”.

Ajustes e curiosidades

A Siri pode ser utilizada para desligar e ligar o Wi-fi, o 3G, o Bluetooth e até para colocar o aparelho no modo avião. A assistente também é conhecida por possuir várias respostas prontas para perguntas fora do comum. Perguntada, por exemplo, sobre “o que é a vida?”, a Siri direcionou para a página do Wikipedia do filme 'A Vida é Bela' (1997). Outra curiosidade da Siri, é que o usuário pode pedir para ela “jogar uma moeda”, quando irá decidir alguma coisa no cara ou coroa.

Ok, Siri!

Assim como os aparelhos da Motorola, a Siri também possui uma forma de ativação rápida apenas com a voz. Em vez do conhecido “Ok, Google”, o usuário pode configurar para que a sistema de reconhecimento de voz seja ativado a partir de um “E aí, Siri”. No entanto, a opção seria ótima, se não exigisse que o aparelho estivesse conectado a um cabo de alimentação para poder funcionar — ou seja, para ativar a Siri com a voz, é preciso estar com o iPhone carregando. Parece estranho, mas está até no manual.

Erros e acertos

A Siri oferece uma quantidade enorme de comandos para o usuário, e há até como ver uma lista disso perguntando para ela “Siri, o que você faz?”. Mas, mesmo assim, algumas funções apresentaram erros quando testadas.

A própria opção de criar alarmes com nomes teve que ser feita mais de uma vez — mais precisamente, quatro vezes —, até que fosse possível programar o alerta da forma desejada. Outro exemplo de erro foi na identificação de endereços, que tiveram que ser repetidos mais de uma vez e de formas diferentes para que a Siri finalmente achasse o local correto.

No fim, o que fica da assistente é que ela possui uma capacidade enorme de ajudar o usuário, mas é preciso que ele – ou você – esteja familiarizado com a forma de pedir ajuda para conseguir, de fato, algum auxílio.

Futuro

No começo de outubro, a Apple comprou uma startup britânica, chamada VocallQ, especializada na criação de softwares de inteligência artificial, cuja tecnologia poderia tornar a assistente pessoal da Apple muito mais “humana”. Segundo o Tech Insider , com os softwares da startup a Siri poderia, por exemplo, ter conversas com mais conteúdo com o usuário e até lembrar da última pergunta que ele fez.

Enquanto esse tipo de interação não se torna realidade, a Siri continua a entender apenas um comando por vez, às vezes com um pouco de dificuldade para compreender o português. Mas isso não é culpa da assistente, afinal, ela “aprendeu” a língua oficial do Brasil só no fim de abril, quando a versão 8.3 do iOS foi lançada.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.