iG - Internet Group

iBest

brTurbo

NotíciasÚltimo Segundo

12/05 - 16:37hs

Mensageiro de bolso
Samsung Scrapy é o celular ideal para quem quer estar sempre em contato e não vive sem SMS, e-mail e mensagens instantâneas

Rafael Rigues

Pode parece estranho mas, para muitos jovens, ligações são um recurso secundário em um telefone celular. O mais importante são as mensagens de texto, que eles enviam às dezenas diariamente, se aproveitando do baixo custo e de planos ilimitados para combinar festas, paquerar ou colocar a fofoca em dia.

Nestes casos o que mais importa em um aparelho é o teclado: há, com certeza, os experts em sistemas de entrada de texto como o T9, mas é difícil bater a velocidade de um bom teclado QWERTY usado com ambos os dedões. E foi pensando nesse público jovem e fanático por mensagens que a Samsung lançou no mercado nacional o "Scrapy" (SGH-T459).

À primeira vista ele parece um celular no formato "barra" comum. É bonitinho, com cantos arredondados e um esquema de cores atraente, em branco com detalhes em azul (também há uma versão em grafite/verde). O recurso mais interessante só aparece quando empurramos a frente do aparelho para a direita: um teclado QWERTY completo, com 37 teclas: 26 teclas alfanuméricas, mais símbolos e cinco teclas de função.

Quando o teclado é aberto, a imagem na tela automaticamente "gira" para que você possa usar o aparelho de lado. Um menu mostra atalhos para o que importa: mensagens SMS, e-mail, Windows Live! Messenger (MSN) e acesso à internet. O teclado é um pouco duro, e quem tem mãos grandes vai ter problemas com as teclas pequenas (5 x 5 mm cada), mas é possível se acostumar em pouco tempo.

Enquanto testava o Scrapy, notei que enviei muito mais mensagens de texto do que o normal. Isso se deve ao fato de que é muito mais fácil e rápido digitá-las nele do que em um aparelho com um teclado numérico/T9, o que acaba estimulando o uso. Uma coisa curiosa: aplicativos em Java, como a versão do GMail para celulares, não reconheceram o teclado QWERTY.

O navegador Web é básico, mas suficiente para buscas rápidas no Google, consultas à Wikipedia (através da versão "móvel", a Wapedia) e para deixar mensagens no Twitter. Se você quiser mais que isso, a instalação de um novo navegador como o Opera Mini (gratuito), é recomendada.

O Scrapy também funciona como um bom MP3 Player. Tem entrada para cartões MicroSD e um cartão de 512 MB (suficiente para cerca de 128 músicas) vem na embalagem. Os fones de ouvido que vem com ele tem um som ótimo, mas usam um plugue proprietário e não há um adaptador incluso: ou seja, nada de usar seus fones favoritos.

É possível criar até 5 playlists na própria memória do aparelho, e é fácil definir uma música como alarme, "ringtone" geral, ou para um contato específico na agenda. O Scrapy também é compatível com fones de ouvido Bluetooth estéreo. Estes podem ser de qualquer modelo/fabricante, desde que sigam o padrão AD2P.

A câmera tem resolução de 3.1 MP e tira fotos na média dos demais celulares: quanto mais luz, melhor. Há um espelhinho na traseira para facilitar os populares auto-retratos com a turma, mas nada de foco automático nem flash, o que impede closes extremos e fotos na balada.

Os vídeos são pequenos demais: com tamanho de 176 x 144 pixels não prestam nem pro YouTube. Um editor de imagens muito fácil de usar permite ajustar a cor, nitidez e contraste das fotos direto no celular, aplicar molduras, emoticons e cliparts e mandar o resultado para a galera via Bluetooth.

O Scrapy só desapontou na qualidade das ligações: em uma semana de uso notei algumas ligações com som "picotado", volume baixo demais e até algumas chamadas perdidas. Durante este período, não notei reclamações de usuários de outros aparelhos, na mesma região e com chips da mesma operadora. Pode ter sido algo intermitente, mas é bom ficar de olho.

Se você é da turma que move os dedões até enquanto dorme, o Scrapy é um forte candidato a seu próximo celular. É fácil de usar, prático e te mantém "online" onde quer que você esteja: e-mail, SMS, MSN e até no Twitter. Só tenha cuidado: esse negócio de mensagens no celular vicia mesmo!

Serviço
Nome:
Samsung Scrapy (SGH-T459)
Fabricante: Samsung
Preço: R$ 649 (pode variar conforme planos e promoções de sua operadora)
Prós: Ótimo para os "loucos por mensagem", boa qualidade de som, editor de imagens é fácil e divertido
Contras: Vídeos ruins, qualidade das ligações pode melhorar


? Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Contador de notícias