iG - Internet Group

iBest

brTurbo

NotíciasÚltimo Segundo

01/02 - 12:12hs

Apple tenta restringir conteúdo vendido por meio de aplicativos para iPhone e iPad, diz jornal

Mudança pode afetar empresas que vendem livros digitais por meio de aplicativos para iPad

Claudia Tozetto, iG São Paulo

A Apple está tentando restringir o conteúdo vendido por meio de aplicativos disponíveis para iPhone, iPod Touch e iPad. De acordo com reportagem publicada hoje no jornal The New York Times, a empresa disse a alguns desenvolvedores, incluindo a Sony, que eles não podem mais vender conteúdo, como livros digitais, por meio de seus aplicativos. Também não será permitido direcionar clientes para sites de compra fora da App Store.

Siga o iG Tecnologia no Twitter Siga o iG Tecnologia no Twitter

Em entrevista ao jornal, Steve Haber, presidente da divisão de leitura digital da Sony, disse que todas as vendas por meio de aplicativos deverão passar pela Apple a partir de agora. A Apple rejeitou o aplicativo da Sony, que permite que os usuários comprem livros digitais por meio da Sony Reader Store.

A mudança também afeta empresas como a Amazon e outras empresas que vendem livros digitais e, por isso, competem com a loja iBooks, da Apple. Atualmente, os usuários podem ler livros comprados na Amazon por meio de um aplicativo, mesmo que não tenham o leitor digital Kindle.

"É o oposto do que tentamos trazer para o mercado", diz Haber, da Sony. "Nós sempre tentamos trazer o conteúdo para todos os dispositivos possíveis, não um dispositivo para cada loja." A Apple e a Amazon não comentaram o assunto.


? Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Contador de notícias