Cientistas criam arroz híbrido de carne bovina para astronautas
Nathan Vieira
Cientistas criam arroz híbrido de carne bovina para astronautas

Um arroz híbrido de carne bovina pode ser usado como fonte de proteína para astronautas durante suas viagens espaciais. Para sua criação, cientistas sul-coreanos implantaram células de boi dentro dos grãos de arroz. Todo o processo foi compartilhado na revista Matter .

O arroz híbrido de carne bovina foi primeiro revestido com gelatina de peixe, o que ajudou as células a aderirem com mais facilidade. Depois de semeado com células-tronco de músculo e gordura da vaca, o alimento foi deixado por nove dias.

Os cientistas sul-coreanos garantem que o alimento é seguro para consumo, e ainda pode ser definido como nutritivo, levando em consideração o alto índice de proteína.

-
Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/podcast/
-

Em meio aos estudos, foi possível perceber que esse arroz híbrido apresentava 8% mais proteína e 7% mais gordura do que o arroz puro. O artigo também menciona uma textura mais firme e quebradiça.

Inclusive, os pesquisadores ressaltam diferenças, dependendo de quais células eram utilizadas: as versões feitas com mais células musculares tinham um cheiro mais forte de carne bovina, enquanto aquelas com maior teor de gordura foram descritas com notas mais próximas de manteiga.

Benefícios do arroz híbrido

Além desses benefícios nutricionais, os pesquisadores também mencionam que a ideia por trás do arroz bovino é ter uma pegada ambiental muito menor do que a carne. É uma preocupação já indicada pela comunidade científica. Para se ter um parâmetro, reduzir consumo de carne é como tirar 8 milhões de carros das ruas .

A estimativa é que o arroz híbrido libere apenas menos de 6,27 kg de CO2 por 100 g de proteína. É uma redução expressiva em comparação com carne bovina, em que essa taxa é de 50 kg.

"Os grãos de arroz são ingredientes alimentares seguros, com baixa incidência de alergia e possuem perfil nutricional e estrutura adequados. Os grãos foram transformados em um alimento híbrido com nutrientes de origem animal por conter células bovinas", apontam os autores.

Outro benefício destacado no estudo é a redução de custos. Enquanto a produção da carne bovina tem um custo de US$ 14,88 (o equivalente a R$ 74,02) por kg, a promessa dos sul-coreanos é que o arroz híbrido de carne bovina seja de US$ 2,23 (R$ 11,09) por kg.

Leia a matéria no Canaltech .

Trending no Canaltech:

    Mais Recentes

      Comentários

      Clique aqui e deixe seu comentário!