PlayStation 5 é a geração mais lucrativa da história da Sony
Durval Ramos
PlayStation 5 é a geração mais lucrativa da história da Sony

A Sony tem motivos de sobra para sorrir com o PlayStation 5 . Durante a apresentação de seu novo relatório fiscal, a empresa confirmou que a atual geração já é proporcionalmente a mais lucrativa de sua história, superando com certa folga os números que o PS4 ostentava e que mostram o quanto as estratégias com o PS5 parecem estar dando certo.

Segundo a empresa, o console vendeu o equivalente a US$ 106 bilhões em seus quatro anos de mercado. Para efeito de comparação, o PlayStation 4 somou US$ 107 bi ao longo de sete anos. Isso mostra como, na metade do tempo, o PS5 conseguiu se equiparar ao seu antecessor.

Esses números ganham ainda mais força quando são convertidos para o lucro operacional de cada uma das plataformas. Nesse caso, o PS5 rendeu impressionantes US$ 10 bilhões em seus primeiros quatro anos, enquanto o PS4 precisou de sete para somar US$ 9 bi. Por isso mesmo, a Sony não se acanha na hora de chamar a atual geração de mais lucrativa de toda história de seus consoles.

-
Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/podcast/
-

Os bons números não se limitam apenas ao hardware em si, se refletindo também em outras operações do negócio. Segundo a fabricante, o consumo do público de outros produtos relacionados ao videogame também cresceu consideravelmente na geração do PS5 — um aumento total de 26%.

Quando estratificado por setor, o maior crescimento ficou no consumo de conteúdo add-on, ou seja, entre DLCs, expansões e microtransações em geral dentro de seus jogos. Em comparação aos quatro primeiros anos do PS4, o crescimento foi de 176%. Já a venda de serviços subiu 57% e a de periféricos 34%.

O único aspecto em que o PS5 fica atrás do PS4 é na venda de jogos completos, no qual a geração passada ainda está 12% à frente. Esse número é interessante, pois traduz uma realidade que muitos jogadores apontam para a atual geração: a falta de grandes jogos.

Além do aumento no preço dos lançamentos, essa redução nas vendas de games parece também estar atrelada a um começo de geração mais tímido. Embora Marvel’s Spider-Man 2 , God of War Ragnarök e Horizon: Forbidden West sejam grandes exclusivos do console, os primeiros anos do PS4 contaram com nomes como Bloodborne , The Witcher 3 , Infamous: Second Son e o próprio GTA 5, que movimentaram mais o público.

Por isso mesmo, a Sony apresenta em seu relatório o plano de ampliar seu público ao expandir suas franquias, além de apostar em novas séries para impulsionar as vendas. Isso sem falar, é claro, a chegada de GTA 6 e do tão comentado PS5 Pro , que devem impulsionar ainda mais os números nos próximos anos e confirmar o bom desempenho da geração.

Leia a matéria no Canaltech .

Trending no Canaltech:

    Mais Recentes

      Comentários

      Clique aqui e deixe seu comentário!