Empresa terá que mudar nome do modelo de interface adotado em vários produtos por conta de disputa por marca com empresa alemã

Cerca de dois meses antes do lançamento do Windows 8, a Microsoft será obrigada a abandonar a marca Metro, adotada pela interface para tablets do Windows 8, além de em outros produtos, como Windows Phone, XBox 360 e Office 2013. A razão da mudança, segundo o site Tech Crunch , é uma ação judicial movida pela empresa alemã Metro AG, que detém os direitos sobre a marca.

LEIA TAMBÉM:
Fique por dentro do Windows 8
Microsoft lança tablet para concorrer com iPad

Nova interface do Windows 8 não será mais chamada de Metro por problemas com detentora da marca
Reprodução
Nova interface do Windows 8 não será mais chamada de Metro por problemas com detentora da marca

Segundo a Microsoft, a empresa sempre teve a intenção de usar o nome apenas internamente para designar a nova interface do produto. Contudo, desde o lançamento do Windows Phone, a empresa vem divulgando o nome da interface em conferências para a imprensa e clientes.

A Microsoft enviou um comunicado à imprensa: "Nós temos usado o 'estilo Metro' como um codinome durante o ciclo de desenvolvimento de produto em várias de nossas linhas de produto. Ao chegar mais próximo ao lançamento e transição de um diálogo industrial para um diálogo mais amplo com o consumidor, nós vamos usar nossos nomes comerciais."

A empresa ainda não possui outro nome para a nova interface, que agora será chamada apenas de nova interface de usuário (UI) do Windows 8. De acordo com fontes do site Ars Technica , os funcionários da empresa receberam um e-mail banindo a palavra "Metro" das reuniões e materiais que promovem o Windows 8.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.