Tecnologia de conexão sem fio está em caixas de som, câmeras e outros produtos

Placas como essa indicam a presença de terminais NFC em lojas da Europa
Getty Images
Placas como essa indicam a presença de terminais NFC em lojas da Europa

A conexão entre dispositivos usando redes sem fio ainda é trabalhosa e complicada para usuários mais leigos. Seja por meio de Wi-Fi ou Bluetooth, a necessidade de ativar os recursos, encontrar os outros terminais da rede e digitar senhas é um obstáculo principalmente para quem não lida com tecnologia com frequência.

Com o objetivo de simplificar essas conexões sem fio, cada vez mais fabricantes apostam no padrão NFC (Near Field Communication). A tecnologia já é usada em sistemas de pagamentos móveis e começa a ganhar outras funções. Para que o serviço funcione, ambos os aparelhos têm que possuir um chip NFC.

NFC x Bluetooth x Wi-Fi

A tecnologia NFC tem alcance curto, de poucos centímetros, e baixa velocidade de transmissão (menos de 0,5 Mbps). Por isso, ela é usada principalmente para a conexão inicial entre dispositivos. Depois que dispositivos já estão sincronizados, a transmissão de dados geralmente é feita por outra tecnologia sem fio, como Bluetooth ou Wi-Fi, e o NFC sai de cena.

A vantagem de usar o NFC para conectar os aparelhos é que o processo é mais simples e rápido. Basta aproximar ou encostar os aparelhos e confirmar na tela para conectá-los na hora. Embora essa conexão também possa ser feita por Bluetooth ou Wi-Fi, o processo é mais lento e complicado, envolvendo senhas e algumas telas de confirmação. 

Pagamento móvel

Sistema de pagamento móvel do Google, Wallet usa tecnologia NFC
Getty Images
Sistema de pagamento móvel do Google, Wallet usa tecnologia NFC

Atualmente, o NFC é conhecido principalmente por ser usado em sistemas de pagamento móvel, nos quais o celular substitui o cartão de crédito.

Nesses serviços, o usuário aproxima o celular de um terminal compatível na loja, insere uma senha e o pagamento é feito na hora.

Alguns serviços que usam NFC são o Google Wallet e o Square, ambos em funcionamento nos Estados Unidos.

Mais funções para o NFC

Depois da estreia em sistemas de pagamentos móveis, o NFC começa a ganhar outros usos. Veja algumas das funções alternativas do NFC:

1 - Entre celulares

O recurso Android Beam, presente em alguns celulares com sistema Android, conecta rapidamente smartphones por meio de NFC. Com os aparelhos conectados, o Android Beam usa Bluetooth para enviar endereços web, mensagens e outros tipos de conteúdo. Uma versão aprimorada do Android Beam é o S Beam, criado pela Samsung e que usa Wi-Fi Direct para transmitir os dados.

2 – Entre celulares e fones de ouvido

O NFC também está sendo testado para conectar smartphones a fones de ouvido Bluetooth. Após a conexão, o áudio é enviado para o fone de ouvido por meio de Bluetooth.

3 - Entre celulares e caixas de som

Algumas caixas de som para celular já são compatíveis com NFC. Para enviar áudio do celular para essas caixasbasta encostar o aparelho na caixa de som.

Lumix ZS-30 tem chip NFC
Divulgação
Lumix ZS-30 tem chip NFC

4 - Entre celulares e câmeras

Algumas câmeras têm chip NFC. Por meio desse chip, elas podem ser facilmente conectadas a smartphones apenas aproximando os equipamentos.

Com a conexão estabelecida, o Wi-Fi entra em cena para transferir imagens e permitir o controle remoto da câmera a partir do smartphone.

5 – Publicidade

Por meio do NFC, celulares podem obter informações a partir de chips colados a qualquer objeto. Esses chips (chamados de NFC tags) são mais simples e não precisam de energia, funcionando basicamente como códigos de barra ou códigos QR. Em alguns países europeus e asiáticos, empresas de marketing usam chips NFC em cartazes publicitários para fornecer mais informações sobre um determinado produto.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.