Tamanho do texto

Câmera de aventura permite que usuário edite fotos sem computador; preço sugerido é de R$ 2,8 mil

A câmera possui um servidor integrado que pode ser controlado a partir de um aplicativo instalado no smartphone do usuário
Divulgação
A câmera possui um servidor integrado que pode ser controlado a partir de um aplicativo instalado no smartphone do usuário

A holandesa TomTom anunciou recentemente que irá trazer para o Brasil a câmera de aventura TomTom Bandit, concorrente da GoPro que oferece ferramentas para o usuário editar e compartilhar seus vídeos sem um computador.

Para cumprir essa função, a câmera acessa um servidor integrado que pode ser controlado a partir de um aplicativo instalado no smartphone do usuário. No app, o usuário pode ver as imagens capturadas, editá-las e até compartilhá-las na internet.

Ainda assim, também é possível baixar as imagens para o computador via entrada USB, que também é utilizada para carregar a câmera. Outras opções de conexão da máquina são Wi-fi e Bluetooth.

A novidade evita que o usuário tenha que sempre passar suas filmagens para o computador. O aparelho também possui GPS e sensores de movimentos que, segundo comunicado, ajudariam a máquina a encontrar e marcar os momentos mais interessantes e bem filmados do vídeo.

A TomTom Bandit é à prova d’água e é capaz de fazer vídeos em 1080p, com efeitos de time lapse e slow motion. No Brasil, a versão básica da câmera estará disponível a partir de novembro, pelo preço sugerido de R$ 2,8 mil.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.