Tamanho do texto

Criado dentro da Intel, o Smart Clip é um exemplo prático de aplicação do conceito de Internet das Coisas

Smart Clip foi criado por uma engenheira da Intel como um protótipo de Internet das Coisas
Emily Canto Nunes/iG São Paulo
Smart Clip foi criado por uma engenheira da Intel como um protótipo de Internet das Coisas

Casos de crianças deixadas dentro carro por acaso não são exclusividade do Brasil. Nos Estados Unidos, dezenas de crianças morreram de insolação após terem sido deixadas acidentalmente dentro de veículos. Na maioria dos casos, de acordo com o KidsandCars.org , um grupo de interesse público, a pessoa responsável pela morte deixa a criança no carro sem memso saber. Foi pensando nesse casos nem tão raros que Marcie Miller, uma engenheira da Intel, integrante do grupo que cria protótipos de Internet das Coisas, desenvolveu o Smart Clip.

Apresentado na CES 2015 em meio a vários outros exemplos e novidades, o Smart Clip esteve exposto no Intel Future Showcase, evento de demostração de novas tecnologias realizado nos dias 4 e 5 de novembro, em São Paulo.

O Smart Clip é, como o nome sugere, um grampo inteligente que se conecta por Bluetooth ao smartphone do pai ou da mãe e envia um alerta quando se desconecta do celular porque se distanciou do grampo e, logo, da criança. O acessório é equipado com um processador Intel Quark e conta com um acelerômetro para medir a temperatura ambiente. Além disso, o app informa quanto de bateria resta e envia alertas sonoros e visuais caso seja desconectado do smartphone.

Se virar produto, o Smart Clip pode fazer muito mais. Para Miller, que comentou sobre o protótipo para o site da própria Intel , no futuro, o grampo poderia inclusive se conectar com o sistema de informação e entretenimento do carro para ajudar o motorista a acalmar a criança enquanto dirige, fosse por tocando uma música ou uma vibração.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.