Tamanho do texto

Lista elaborada pelo Business Insider inclui ursos de pelúcia inteligentes e lentes de contato carregadas com energia solar

O Google é conhecido por lançar os projetos mais inusitados que se tem conhecimento, desde carros que dirigem sozinhos até drones que fazem serviço de entregas. A empresa parece estar sempre testando ideias futuristas e tecnológicas. Conheça algumas das patentes mais legais, malucas e asssustadoras já registradas por essa gigante da tecnologia, de acordo com uma lista elaborada pelo site Business Insider.

LEIA MAIS:  Óculos e câmeras provam que a realidade virtual já chegou; veja as 10 novidades

1) Urso de pelúcia

O Google registrou em 2012 a patente de um urso de pelúcia inteligente (e até certo ponto, bem bizarro). O urso é equipado com alto-falantes, câmeras e microfones, o que quer dizer que ele pode ouvir nossas conversas e assistir aos nossos movimentos. Presumia-se que ele seria usado para vigiar crianças quando seus pais não estivessem por perto, mas o Google não discutiu mais o projeto, nem seus verdadeiros objetivos desde o registro da sua patente, em 2012.

2) Olhos biônicos

Em 2014, o Google registrou a patente de um aparelho que poderia corrigir a visão sem que fosse necessário o uso de óculos ou lentes de contato. Quem tivesse problemas de visão, teria apenas que se submeter a um procedimento cirúrgico para a implantação de um dispositivo intraocular.

3) Lentes de contato carregadas com energia solar

Protótipo de lentes de contato inteligentes
Reprodução/Google
Protótipo de lentes de contato inteligentes

As lentes de contato carregadas com energia solar seriam capazes de coletar informações sobre a saúde do paciente, como seus níveis de glicose e sua temperatura corporal. Essas lentes poderiam ter até mesmo capacidades especiais, como a de permitir que seu usuário lesse informações em código de barras. A patente desse instrumento foi registrada em 2012.

4) Relógio inteligente que testa o sangue do usuário

Assim como as lentes de contato carregadas com energia solar, o relógio inteligente do Google poderia fornecer aos diabéticos uma maneira mais agradável de monitorar os níveis de glicose. Quando fosse extrair o sangue, o relógio enviaria uma onda de gás para dentro de uma câmara com micropartículas que perfurariam a pele do usuário, tirariam o sangue e depositaria o material coletado em um recipiente para teste. Essa invenção foi patenteda em 2014.

5) Drones e robôs entregadores

Muita gente já ouviu falar do Project Wing do Google, um serviço de entrega. Uma patente registrada em 2014 adicionou outro elemento a esse serviço, determinando como o drone faria para entregar os pacotes a robôs sobre rodas que se responsabilizariam pelo restante do trajeto.

6) Óculos de realidade aumentada

Essa patente de 2011 delineia um sistema em que os óculos poderiam projetar um teclado na mão do usuário. Uma câmera presa aos óculos concluiriam o serviço, ao detectar as teclas pressionadas pelo usuário.

LEIA MAIS: Samsung registra lente de contato inteligente controlada com um piscar de olhos

7) Tatuagens high-tech

A patente descreve uma tatuagem no pescoço do usuário que incoporaria um microfone e um detector de mentiras. A tattoo permitira, por exemplo, que o usuário se conectasse com o celular sem a utilização de nenhum cabo, para que ele conversasse com qualquer pessoa sem tem que aproximar o celular da boca. E não para por aí. A patente descreve outra função do dispositivo - essa bem bizarra -: detectar se o usuário está mentindo.

8) Ventilador portátil

A patente registrada em 2012 descreve um ventilador portátil que poderia ser anexado ao corpo do usuário. Ele teria a capacidade de borrifar perfume em seu usuário todas as vezes que ele começasse a exalar algum tipo de odor desagradável. Além disso, o dispositivo teria o cuidado de impedir que ele passasse por situações constrangedoras ao propor diversas rotas para que o seu usuário não cruzasse com os amigos quando estivesse cheirando mal - após a academia, por exemplo.

9) Conversa em tirinhas

Uma patente de 2010 descreve um software que permite que você insira textos ou carregue conversas e as transforme em tirinhas cômicas. A ideia é que o usuário possa compartilhar essas tirinhas no Facebook e em outras redes sociais.

10) Escaladas high tech

Uma patente de 2011 descreve uma bengala equipada com sensores de imagem e uma ou mais câmeras que tiram fotos enquanto seu usuário caminha. O propósito? Criar uma simulação visual da área.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.