Tamanho do texto

Batizado de Google Play Family Library, serviço permitirá dividir apps, jogos, filmes e músicas comprados na Play Store

Brasil Econômico

Responsável pelo perfil principal terá controle sobre as compras na Play Store
iStock
Responsável pelo perfil principal terá controle sobre as compras na Play Store

O Google vai facilitar o uso compartilhado do conteúdo pago presente na sua loja de aplicativos por meio de um novo plano. Batizado de Google Play Family Library, o serviço poderá ser usado por até seis pessoas, que compartilharão filmes, músicas, jogos e aplicativos para Android.

LEIA MAIS:  Os 10 melhores aplicativos para Android

Todas as contas cadastradas no plano têm acesso ao conteúdo disponível para o dono do perfil principal, que decidirá o que as crianças terão acesso, removendo títulos específicos para manter a biblioteca adequada para suas idades. A plataforma também permite ocultar determinados conteúdos que o usuário não deseja compartilhar com outras pessoas.

O serviço não terá nenhum custo adicional para o usuário, mas solicitará o cadastro de um  cartão de crédito para futuras compras. O Google enviará um recibo como forma de controle sempre que um conteúdo for adquirido. Assim, o usuário principal pode cancelar aquisições na loja e evitar surpresas quando as crianças compram novos jogos, por exemplo.

Inspiração em outras plataformas

O modelo funcionará de modo similar ao Family Sharing, criado pela Apple em 2014. A plataforma compartilha as compras no iTunes, iBooks e App Store entre os membros da família, que podem manter um calendário e álbuns de fotos colaborativos. O serviço também permite compartilhar a localização com o resto da família.

LEIA MAIS:  Confira as sete principais mudanças na nova versão do Android

Plataformas como Netflix e Spotify também oferecem planos familiares. A plataforma de vídeo conta com um plano em que é possível assistir filmes e séries em até quatro telas ao mesmo tempo, por R$ 29,90 mensais. O Spotify oferece um plano para até seis pessoas terem acesso ao plano premium, por R$ 22,35.

Recentemente, o Google também anunciou o plano família para seu serviço de streaming de música , o Play Música. A plataforma pode ser usada por até seis pessoas e custa R$ 14,90 por mês. De acordo com o The Verge, o serviço seria parecido, mas não cobraria um valor extra para o usuário ter acesso aos aplicativos para Android. O recurso ainda não tem data de lançamento, mas será testado em alguns países antes de chegar para todos os usuários.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.