Tamanho do texto

Antes de trocar de máquina, usuário precisa levar em consideração prós e contras das notebooks que usam o sistema operacional Chrome OS

Samsung Chromebook
Stella Dauer
Samsung Chromebook


Desenvolvido para ser uma alternativa a notebooks com os já estabelecidos Windows e OS X, o Chromebook chama a atenção por não permitir instalar nenhum programa diretamente na máquina. O sistema operacional Chrome OS utiliza serviços do Google para reproduzir músicas, criar documentos e editar fotos diretamente na nuvem.

Por utilizar basicamente o navegador para acessar quase todos os aplicativos, o  Chromebook pode gerar dificuldades para o usuário que deseja se adaptar ao modelo. Antes de decidir por um novo notebook, é importante verificar qual a finalidade do computador e analisar alguns pontos importantes do Chrome OS.

Máquina mais leve

Por não manter programas instalados no disco rígido , o Chromebook consegue processar as informações com mais velocidade que seus concorrentes. O computador consegue realizar boa parte das ações com menos memória RAM e HD menos robusto. Além disso, a bateria do computador costuma durar mais tempo justamente por não precisar rodar nenhum programa pesado.

Internet

Assim como na maioria dos computadores atuais, boa parte das tarefas no Chromebook pode ser feita por conta da internet. Entretanto, no caso do computador do Google, a dependência é ainda maior pelo fato do sistema não aceitar a instalação de programas externos. É importante lembrar que os computadores com Chrome OS costumam não oferecer entradas para cabos de rede. A conexão é feita por redes Wi-Fi, 3G ou 4G.

Chromebooks costumam não apresentar entradas para cabos de rede
Divulgação
Chromebooks costumam não apresentar entradas para cabos de rede

Em momentos sem conexão, o usuário pode utilizar recursos disponíveis off-line, como reproduzir músicas e filmes, escrever e-mails, criar notas e documentos no Google Drive. Todas as informações são atualizadas na nuvem quando a conexão é reestabelecida.

Programas alternativos

Para continuar executando tarefas semelhantes aos computadores convencionais, o usuário precisa buscar alternativas. Programas do pacote Office , como Word e Excel, precisam ser substituídos por aplicativos do Google Drive. Reprodutores de áudio e vídeo podem se transformar uma conta do serviço de streaming  Google Play Música. Chamadas de vídeos com o Skype dão lugar ao Hangouts e a edição de imagens pode ser feita pelo Google Photos .

Apesar de contarem com os principais recursos dos seus concorrentes, as alternativas do Google são mais simples e não oferecem a mesma experiência. Se houver algum programa imprescindível, lembre-se que o Chromebook apresentará muitas limitações. Nesse caso, uma boa opção é verificar se existe algum aplicativo semelhante na Chrome Web Store antes de desistir do aparelho.

Sistema compatível com Android

O Google anunciou que seus notebooks serão compatíveis com os programas disponíveis na Play Store. Até o momento, os desenvolvedores precisavam criar versões diferentes para cada plataforma. A mudança permitirá o uso de novas ferramentas, como o app Photoshop Express e o Office 365 , por exemplo. Para acompanhar quais notebooks já contam com o recurso, confira este link do Google .

Preço

O Chromebook está disponível em versões produzidas por fabricantes como Samsung, Acer, HP e Positivo. Por ser compatível com Android, o notebook torna mais prática a vida do usuário, que pode acessar as informações no smartphone a qualquer momento. Vendido entre R$ 1.000 e R$ 1.400, o notebook é uma ótima opção para quem depende apenas da internet para realizar suas tarefas.

LEIA MAIS:  Computador lento? Veja 5 dicas para deixar a máquina como nova

Se comparado a máquinas com Windows ou Mac, os aparelhos com Chrome OS oferecem mais vantagem na relação custo-benefício, mas nem sempre são as melhores opções. Neste caso, o uso que será feito do computador e os recursos necessários são os principais fatores.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.