Tamanho do texto

CEOs utilizam métodos distintos quando se trata de futuros lançamentos do Facebook e Apple; estratégia é explicada pelo perfil das empresas

Brasil Econômico

CEO do Facebook, Mark Zuckerberg apresenta as novidades da rede social e seus aplicativos em conferência
Divulgação/Facebook
CEO do Facebook, Mark Zuckerberg apresenta as novidades da rede social e seus aplicativos em conferência

Que Mark Zuckerberg e Tim Cook são grandes empresários não é novidade para ninguém. Em situações diferentes, eles ajudaram duas empresas do setor tecnológico a se tornarem gigantes. Enquanto Zuckerberg fundou o Facebook quando ainda estava na faculdade, Cook foi contratado pela Apple quando já tinha trabalhado em outros locais. Além das carreiras, os CEOs mantêm estilos bem distintos.

LEIA MAIS: Facebook anuncia mudança na timeline para priorizar publicações com notícias

A principal diferença, de acordo com o site Business Insider, é a forma como Mark Zuckerberg e Tim Cook tratam os produtos que estão sendo desenvolvidos pelas empresas. O CEO da Apple tentar guardar segredos sobre os lançamentos da empresa. "Nós percebemos que as pessoas adoram surpresas", disse Cook em entrevista ao The Washington Post.

De acordo com Cook e Eddy Cue, vice-presidente da Apple, o desejo de surpreender o público os atrapalha em muitas situações. A estratégia faz pessoas terem expectativas negativas em relação à empresa quando comparam o que os concorrentes prometem para os meses seguintes com a Apple. Cook, no entanto, argumenta que esta é uma estratégia da empresa e vê um vantagem no plano. "Nós não temos um evento para mostrar os lançamentos do próximo ano. Nós mostramos o que está sendo lançado agora e tentamos deixar os desenvolvedores animados com o que eles podem fazer neste momento", argumenta Cook ao site Fast Company.

O modelo é bem diferente do utilizado por Mark Zuckerberg, que recentemente apresentou os planos do Facebook para os próximos dez anos, na F8 Conference . E a diferença entre as duas empresas é compreensível. Afinal, o objetivo da rede social de Zuckerberg é incentivar os usuários a compartilhar todos os detalhes sobre suas vidas em uma linha do tempo .

LEIA MAIS: iOS 10: confira as 5 principais novidades do novo sistema da Apple

Tim Cook, CEO da Apple, prefere não divulgar lançamentos da Apple com antecedência
Getty Images
Tim Cook, CEO da Apple, prefere não divulgar lançamentos da Apple com antecedência

Por isso, é justo que a plataforma não esconda tantos segredos de mais de um bilhão de usuários que confiam na plataforma para se comunicar com amigos, família e até mesmo para manter páginas de suas empresas.

Além disso, mudanças na rede social podem prejudicar determinados grupos de usuários. A política de nomes reais implantada em 2015 é apenas um exemplo. A estratégia, que impedia que as pessoas usassem nomes falsos para cometer crimes, acabou prejudicando membros da comunidade LGBT e outros usuários que não usavam o seu nome real por questões de segurança.

O problema foi corrigido e os usuários já podem cadastrar nomes diferentes da sua identidade na rede social, mas o Facebook se envolve em questões como essa com uma certa frequência. Em 2014, a empresa foi acusada de realizar experimentos psicológicos por meio do feed de notícias. Mais recentemente, a plataforma se envolveu em uma polêmica relacionada aos Trending Topics. Segundo as acusações, o algoritmo foi alterado para exibir publicações conservadoras com menos frequência e conseguir interferir nos resultados das eleições presidenciais dos Estados Unidos.

LEIA MAIS: Instagram Stories ainda divide opiniões em "guerra" com Snapchat

Conforme o Facebook percebe o poder que tem, fica cada vez mais evidente que é impossível esconder informações e manter a confiança dos usuários. A Apple, por sua vez, fabrica smartphones, tablets e computadores. Qualquer que seja o próximo projeto da empresa, a pressão dos usuários não será tão grande pois o principal produto são equipamentos eletrônicos e não informação sobre os usuários.

    Leia tudo sobre: facebook