Tamanho do texto

Aplicativo do Google se tornou mais popular que Pokémon GO na Play Store dos EUA e fez o Messenger apresentar mudanças nas chamadas de vídeo

Instant Video passa a transmitir chamadas sem áudio automaticamente até o usuário autorizar a ligação
Reprodução
Instant Video passa a transmitir chamadas sem áudio automaticamente até o usuário autorizar a ligação

O Facebook decidiu apresentar novidades nas chamadas de vídeo do Messenger logo após o Google lançar o Duo. Semelhante ao Skype, o novo app se tornou mais popular que Pokémon GO, Snapchat e o próprio Facebook nos primeiros dias na Play Store dos Estados Unidos. Para evitar o crescimento do concorrente, a empresa decidiu apresentar uma nova maneira de iniciar chamadas de vídeo no aplicativo.

LEIA MAIS: Como impedir que o Facebook tenha acesso à sua conta do WhatsApp

Batizado de Instant Video, o recurso permitirá iniciar conversas sem que a outra pessoa aceite a ligação. "Sabemos que toda mensagem é única e pessoal para você e a pessoa com quem você está conversando", disse a empresa em um comunicado. A rede social também destacou o popularização de dispositivos com internet e  câmera que ajudam a tornar as videochamadas uma realidade.

Antes da atualização, a chamada só era iniciada quando um usuário solicitava a ligação e outro aceitava o pedido. A partir de agora, basta tocar sobre o ícone da videochamada no menu superior da tela da conversa para começar a enviar um vídeo para outra pessoa. As imagens são transmitidas sem áudio até a pessoa que recebe a ligação habilitar o som.

LEIA MAIS: Instagram X Facebook: tire dúvidas sobre qual rede social apostar nos negócios

Há, também, a opção de habilitar o envio de imagens de volta para o amigo que iniciou a chamada por meio do ícone do vídeo que será exibido no app. Uma caixa para a transmissnao será exibida em cima da mensagens da conversa, que pode continuar mesmo com o vídeo habilitado. Para utilizar o recurso, os envolvidos na conversa precisam ter versões atualizadas do Messenger para iOS ou Android. 

Aposta no vídeo

Os conteúdos em vídeo são a grande aposta para o serviço de mensagens e para a própria rede social . Para a vice-presidente do Facebook para Europa, Oriente Médio e África, Nicola Mendelsohn, os usuários deixarão de publicar textos na plataforma nos próximos cinco anos. "Se eu tivesse que apostar, seria vídeo, vídeo, vídeo", disse.

De acordo com a executiva, o conteúdo em vídeo está crescendo mais rápido que o esperado pelo Facebook. Os usuários já assistem cerca de 100 milhões de horas de vídeos em dispositivos móveis diariamente. Em apenas um ano, as exibições saltaram para oito bilhões na rede social.

    Leia tudo sobre: Facebook
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.