Tamanho do texto

Ligações em tempo real foram oferecidas de forma gradual aos usuários a partir de 2013 e ajudaram a manter distância em relação aos concorrentes

Brasil Econômico

Facebook Messenger é oferecer diversas mídias como forma de manter diálogos da melhor maneira possível
Reprodução
Facebook Messenger é oferecer diversas mídias como forma de manter diálogos da melhor maneira possível

Além de contar com mais de um bilhão de usuários no Facebook, Mark Zuckerberg tem o que comemorar em outra plataforma. O aplicativo Messenger, que serve de complemento para a rede social, também ultrapassou tal marca há alguns meses e seus recuros lançados recentemente estão se tornando cada vez mais populares. Em evento realizado pelo site TechCrunch, a plataforma revelou ter ultrapassado a marca de 300 milhões de usuários utilizando chamadas de voz e vídeo.

LEIA MAIS: Zuckerberg é acusado de "abuso de poder" após censurar foto da Guerra do Vietnã

O responsável por divulgar a informação foi o vice-presidente para serviços de mensagens e responsável pelo projeto do Messenger , David Marcus. Durante o mesmo evento, o executivo revelou que a rede social tem planos para "investir mais e mais em comunicação em tempo real". Para se ter uma ideia do tamanho do aplicativo, somente a base de usuários que utiliza chamadas de voz e vídeo na plataforma é equivalente ao total de usuários do Skype, que oferece recursos semelhantes.

O aplicativo introduziu a ferramenta de chamadas de voz de forma gradual a partir de 2013, até liberar as chamadas de vídeo no meio de 2015. As chamadas de vídeo em grupo foram disponibilizadas para os usuários em abril deste ano e foram um avanço em relação a aplicativos parecidos. Concorrentes como o Snapchat e o recém-lançado Google Duo ainda não oferecem chamadas de vídeo em grupo.

Segundo Marcus, o Facebook deseja levar aos usuários a ideia de que as diversas mídias estão sempre à disposição como forma de continuar a conversa da melhor maneira possível. Um exemplo disso é o Instant Video, disponibilizado há poucos dias pela plataforma . O recurso permite iniciar conversas sem que a outra pessoa aceite a ligação. "Sabemos que toda mensagem é única e pessoal para você e a pessoa com quem você está conversando", disse a empresa em um comunicado.

Antes da atualização, a chamada só era iniciada quando um usuário solicitava a ligação e o outro aceitava o pedido. Agora, basta tocar sobre o ícone da videochamada no menu superior da tela da conversa para começar a enviar um vídeo para outra pessoa. As imagens são transmitidas sem áudio até a pessoa que recebe a ligação habilitar o som.

LEIA MAIS: Instagram X Facebook: tire dúvidas sobre qual rede social apostar nos negócios

Há, também, a opção de habilitar o envio de imagens de volta para o amigo que iniciou a chamada por meio do ícone do vídeo que será exibido no Messenger. Uma caixa para a transmissnao será exibida em cima da mensagens da conversa, que pode continuar mesmo com o vídeo habilitado. Para utilizar o recurso, os envolvidos na conversa precisam ter versões atualizadas do Messenger para iOS ou Android.

    Leia tudo sobre: Facebook Aplicativo
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.