Tamanho do texto

Recurso possibilita a inclusão de vídeos com contrastes mais intensos, além de uma variedade de cores superior ao que é visto nas publicações comuns

Para assistir ao conteúdo HDR no Youtube, é necessário possuir um monitor compatível
Divulgação
Para assistir ao conteúdo HDR no Youtube, é necessário possuir um monitor compatível

Na última segunda-feira, o Youtube  anunciou uma nova funcionalidade: a plataforma de vídeos do Google agora terá suporte para conteúdo em HDR (high dynamic range). Desde então, alguns vídeos já foram publicados com o novo formato.

+ Dez vezes em que a internet deu as melhores (e mais hilárias) sugestões de apps

Este recurso aplicado pelo Youtube possibilita a inclusão de vídeos com contrastes mais intensos, além de uma variedade de cores superior ao que é encontrado nas publicações comuns. 

Para que seja possível acompanhar aos vídeos em HDR, no entanto, é necessário que o aparelho em que o conteúdo está sendo reproduzido tenha suporte para este formato. Caso contrário, o vídeo poderá ser assistido normalmente, mas sem a inclusão da tecnologia.

Comparação entre imagens sem HDR (cima) e com a inclusão da tecnologia
Divulgação/Youtube
Comparação entre imagens sem HDR (cima) e com a inclusão da tecnologia

De acordo com o que foi informado pelo Google, qualquer aparelho de televisão compatível, que esteja conectado a um Chromecast Ultra, já pode ser beneficiado com a transmissão de vídeos no formato.

O que é HDR

O termo HDR vem de High Dynamic Range, ou alta faixa dinâmica. A ideia é aumentar a diferença entre as áreas claras e escuras de uma imagem. Com isso, é possível ter a sensação de ver imagens mais realistas, pois cada pixel na tela consegue exibir mais opções de cores e mais tons de contraste entre o branco e o preto.

Apesar das mudanças na imagem, o recurso não pode ser considerado avanço ou concorrência para o HD, 4K ou 8K pois não tem o objetivo de aumentar o número de pixels, ou seja, deixar a imagem mais definida. O HDR pode atuar em qualquer resolução por se preocupar com a naturalidade da imagem exibida.

+ Youtube anuncia novas ferramentas para moderação de comentários

O novo recurso do Youtube pode apresentar resultados diferentes de acordo com a tela. As TVs de LED são as mais indicadas para quem deseja ter a melhor experiência na trasmissão de conteúdo em HDR, pois estes aparelhos possuem pequenas lâmpadas abaixo da tela, que fazem com que seja possível oferecer mais brilho. As televisões OLED produzem um brilho próprio que, na maioria dos casos, não atinge o mesmo nível de luminosidade de uma tela de LED.

    Leia tudo sobre: Youtube
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.