Tamanho do texto

De acordo com a rede social, corrida presidencial movimentou mais de um bilhão de tuítes entre agosto do ano passado e segunda-feira (7)

As eleições presidenciais dos Estados Unidos se tornaram o assunto mais comentado no Twitter nos últimos dois dias. De acordo com dados levantados pela rede social, o tema esteve presente em cerca de 75 milhões de tuítes entre a 0h de terça-feira (8) e as 3h desta quarta-feira (9), pelo horário de Nova Iorque (6h da manhã no horário de Brasília).  

+ #ShowDosAtrasados e #AprendiNoEnem: exame gera 4 milhões de menções no Twitter

Segundo gráfico do Twitter, os tuítes sobre as eleições foram vistos com mais frequência entre as 23h da terça-feira e a 1h de quarta pelo horário de Nova  Iorque (entre 20h e 22h, no horário de Brasília). Na manhã de hoje, Donald Trump atualizou seu perfil na rede social, passando a se identificar como presidente eleito dos Estados Unidos. O republicano publicou o primeiro tuíte com o novo status.

Eleições presidenciais norte-americanas foram tema principal em cerca de 75 milhões de tuítes
Divulgação
Eleições presidenciais norte-americanas foram tema principal em cerca de 75 milhões de tuítes

"Uma noite tão bela e importante! O homem e a mulher esquecidos não serão esquecidos novamente. Nós iremos nos unir como nunca antes", disse Trump. A publicação teve mais de 175 mil retuites e cerca de 435 mil curtidas em menos de oito horas.

+ Dez vezes em que a internet deu as melhores (e mais hilárias) sugestões de apps

A candidata derrotada Hillary Clinton também usou a plataforma para agradecer seus apoiadores antes do resultado das urnas. "Essa equipe tem muito do que se orgulhar. O que quer que aconteça nesta noite, obrigado por tudo". Com 334 mil curtidas, o tuíte se tornou o segundo mais compartilhado na conta da democrata, registrando 138 mil retuites.

Campanha no Twitter

Além dos momentos antes e depois da votação, a rede social foi usada com frequência durante as campanhas eleitorais de Donald Trump e Hillary Clinton, por candidatos, eleitores, candidatos e jornalistas. De acordo com a plataforma, entre agosto do ano passado e a última segunda-feira (7), os usuários dos Estados Unidos publicaram cerca de um bilhão de tuítes sobre a corrida presidencial. O tema também trouxe outros assuntos de interesse dos eleitores, como relações internacionais, combate ao terrorismo, leis sobre armas e segurança cibernética.

+ Receita supera estimativas, mas Twitter confirma demissão de 9% da equipe

Com cerca de 317 milhões de usuários, o Twitter está disponível em mais de 40 idiomas, o que ajudou a rede social a se tornar um dos principais ferramentas para publicar comentários sobre as eleições norte-americanas. Cerca de 79% das contas são mantidas por usuários de fora dos Estados Unidos. A rede social também possui ampla presença em dispositivos móveis, sendo 83% das contas ativas acessadas por meio de smartphones e tablets.



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.