Tamanho do texto

Com inteligência artificial, ferramenta é integrada com outros serviços do Google e oferece resultados rápidos aos usuários dentro das conversas

O mercado brasileiro de aplicativos de mensagens instantâneas ganhou um forte concorrente. O Google lançou, nesta segunda-feira (5), a versão em português de seu aplicativo de mensagens, o Allo, que usa inteligência artificial dentro das conversas e deve concorrer com ferramentas como WhatsApp, Messenger e Telegram.

+ Aplicativo do Google permite trocar planos de fundo no Android de forma simples

Com a novidade, os usuários brasileiros poderão usar termos locais para receber informações sobre a temperatura para os próximos dias, as notícias mais recentes e os restaurantes mais próximos, por exemplo. De acordo com o Google, a intenção não era fazer uma tradução simples, mas, sim, adaptar a ferramenta à nossa cultura, com expressões e temas próprios. Para tornar o Allo mais próximo dos brasileiros, o Google incluiu 120 adesivos com gírias, como "Miga, sua loca", "Falsiane" e "Trem Bão".

Assistente do Allo pode ser usado dentro de conversas com outras pessoas ou em área exclusiva
Divulgação/Google
Assistente do Allo pode ser usado dentro de conversas com outras pessoas ou em área exclusiva


+ Snapseed é aplicativo do Google para editar imagens pelo smartphone

O aplicativo também responde a perguntas divertidas, como "Quem matou Odete Roitman". Para atender às questões, o aplicativo usa o Google Assistente , que pode conversar exclusivamente com o usuário ou ser ativado dentro de conversas com outras pessoas por meio do comando "@google". O objetivo do programa, de acordo com o diretor de marketing do Google, Valdir Leme, é "dar um próximo passo no setor de aplicativos de mensagens".

Segundo ele, uma das vantagens da ferramenta é a possibilidade de centralizar serviços, como o Maps e o Tradutor, em um só local. "Permite que você se expresse de diferentes formas e resolva suas coisas dentro do aplicativo". O programa também usa a inteligência artificial ao sugerir respostas inteligentes dentro das conversas. Conforme é usado, o serviço passa a entender o estilo de escrita do usuário para tornar as opções mais personalizadas.

Ao desenvolver o aplicativo, o Google se concentrou em algumas questões principais. Entre elas, o conceito de mapa de conhecimento, que analisa o conteúdo disponível na web para oferecer os melhores resultados para os assuntos pesquisados, além de relacionar termos que estão no mesmo contexto. O processo também deu atenção especial para os comandos de voz. Segundo Leme, o objetivo é "conseguir expandir isso para outros dispositivos" e simplificar a rotina do usuário.

+ Google avisa a hora certa para comprar passagens de avião mais baratas

Segundo o Google, o serviço deve receber integrações com aplicativos de terceiros em breve, já que, na versão norte-americana, os usuários podem pedir um Uber ou fazer reservas em restaurantes por meio do OpenTable. Disponível para Android e iOS, o  Allo foi apresentado em maio durante a Google I/O, evento anual para desenvolvedores, e foi lançado em setembro. O Brasil é o terceiro país a receber o serviço em seu idioma. Anteriormente, o serviço estava disponível apenas em inglês e alemão.

    Leia tudo sobre: Aplicativo
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.