Tamanho do texto

Em primeiro momento o serviço será testado na Índia, mercado com o maior número de usuários; empresa não nega nem confirma as informações; veja

WhatsApp deve começar testes para liberar pagamentos pelo aplicativo
Divulgação
WhatsApp deve começar testes para liberar pagamentos pelo aplicativo


O WhatsApp não para de inovar. Relatório feito pela The Ken sinalizou que a plataforma de mensagens pretende testar um sistema de pagamento que será integrado as funcionalidades da plataforma.  As informações são do TechCrunch.

Leia também: Promessa de créditos para o celular é novo golpe no WhatsApp

Em primeiro momento, o teste será feito na Índia, País em que o WhatsApp tem mais de 200 milhões de usuários ativos, para possivelmente ser ampliado a outros locais com potencial de consumo por meio de aplicativos. O projeto deve ser implementado em cerca de seis meses e usará um sistema de pagamento com o apoio do governo indiano.  

Em comunicado ao site TechCrunch, e demais canais de comunicação, a plataforma de mensagens, hoje de propriedade do Facebook, afirmou que a “Índia é um país importante à plataforma e que a intenção é contribuir para ampliar a visão digital do país”. O canal tem sido usado por comerciantes para negociar a venda de produtos e serviços.

Em fevereiro deste ano, rumores passaram a ser veiculados em diversos canais após o cofundador da plataforma, Brian Acton, visitar a Índia e conversar com o Ministro da Tecnologia, e afirmar que a “empresa está em fase inicial das analises de um possível sistema de pagamento pela plataforma”.  O app não nega nem confirma as informações que têm sido divulgadas sobre a possível Interface Unificada de Pagamentos (UPI, na sigla em inglês).

O Messenger do Facebook implementou UPI em sua plataforma recentemente, sendo que a função está sendo testada nos Estados Unidos, outro mercado promissor ao aplicativo.

Você viu? Insta ganha integração com WhatsApp para compartilhamento de imagens

Golpe no Brasil

A novidade não tem previsão de ser disponibilizada no Brasil. Entretanto, os usuários têm sofrido com golpes pela plataforma. O mais recente, e que atingiu mais de 50 mil brasileiros, foi o suposto gift card (vale presente) no valor de R$ 500 da varejista de produtos de beleza, O Boticário. As informações foram apuradas pela empresa de segurança digital PSafe.

O golpe é simples, o usuário recebe uma mensagem que o direciona a um site de cadastro. No local, eles devem responder perguntas sobre a marca e para ter acesso ao vale presente de R$ 500 em produtos da marca, devem encaminhar a mensagem para diversos contatos.

O usuário do WhatApp ainda é direcionado a outros sites capazes de roubar dados e fazer cobranças indevidas, além de disseminar diversos vírus.

Leia também: Android é o principal meio de acesso à internet e passa Windows, diz StatCounter

    Leia tudo sobre: Facebook
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.