Tamanho do texto

Logo após o achado, cientistas chegaram à conclusão de que o objeto funcionava de forma tão complexa quanto um relógio do século XVIII

Brasil Econômico

Nesta quarta-feira (17) o Google homenageia uma das ferramentas mais complexas e misteriosas já inventadas e descobertas pelo ser humano. Se você ainda não foi ao site de busca, dê uma olhada no Doodle de hoje, e conheça o Mecanismo de Antikythera .

Leia também: Doodle: nave Cassini inicia sua última viagem em torno de Saturno

Doodle:  cientistas chegaram à conclusão de que o objeto funcionava de forma tão complexa quanto um relógio do século XVIII
Reprodução
Doodle: cientistas chegaram à conclusão de que o objeto funcionava de forma tão complexa quanto um relógio do século XVIII

Assim como aponta o Doodle , o Mecanismo  – até onde se sabe – com mais de 30 engrenagens sofisticadas e complexas, tinha como função realizar cálculos astronômicos e astrológicos. Entre os exemplos, pode-se citar a previsão matemática de um eclipse, das fases da lua, as posições planetárias, o calendário astrológico dos signos do Zodíaco e até mesmo quando seriam as próximas Olimpíadas.

Suspeita-se que a tecnologia era até mesmo usada durante navegações e que era muito útil para identificar sazonalmente as celebrações religiosas e o plantio de determinada cultura.

A homenagem se dá porque nesta mesma data no ano de 1902, o arqueólogo grego Spyridon Stais encontrou algo que poderia ser uma engrenagem ou roda datada em torno de 85 a.C, mas que estudos posteriores apontaram para algo mais antigo, com cerca de 150 a.C.

Logo após o achado, cientistas chegaram à conclusão de que o objeto funcionava de forma tão complexa quanto um relógio do século XVIII.

De acordo com os registros, o Mecanismo de Antikythera estava há 43 metros de profundidade na costa da ilha de que nomeia o objeto em conjunto de outros objetos gregos, como estátuas.

Leia também: Campus Party Brasília: veja quais palestrantes estão confirmados para o evento

Símbolos

No final da década de 1950, outro estudioso deu atenção ao Mecanismo, o cientista Derek Price identificou que os escritos presentes na tecnologia de bronze e com o metal já corroído eram referentes aos signos do Zodíaco.

Atualmente a peça original homenageada no simples Doodle, que desta vez é apenas um desenho estático, encontra-se no seu país de origem, no Museu Arqueológico Nacional de Atenas. Mas há réplicas funcionais da descoberta de 115 anos atrás em outros lugares, como no Museu do Computador de Bozeman, que fica localizado em Montana, EUA.

Leia também: Apple segue com dificuldade nas vendas de smartphones na China, diz balanço

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.