Tamanho do texto

As vendas podem falar muito sobre a qualidade e a aceitação do público em relação a um produto

Brasil Econômico

Na metade do ano passado um erro de bateria do recém lançado Samsung Galaxy Note 7 colocou o mercado de smartphones em frenesi, levando a um dos maiores recolhimentos de produtos da história moderna. Mas o que se mostrou um erro de design não causou danos permanentes a empresa, sendo que a linha J continua no top 5 de melhores celulares com base nas vendas segundo a consultoria Strategy Analytics .

Veja também:  Vecto Mobile recebe licença da Anatel e se torna nova operadora de celular

Em um relatório disponibilizado pela consultoria de mercado é constatável que as linhas econômicas da Samsung continuam com vendas impressionantes para produtos lançados a mais de 1 ano. Confira abaixo a lista dos 5  melhores celulares em quesitos de venda do primeiro trimestre de 2017.

 5. Samsung Galaxy J5

Faixa de preço: de R$ 596 até R$ 2.849
Vendas: 5 milhões


Galaxy J5: Uma boa multimídia aliada a um preço acessível leva o aparelho a ser considerado um dos melhores celulares atualmente.
Reprodução
Galaxy J5: Uma boa multimídia aliada a um preço acessível leva o aparelho a ser considerado um dos melhores celulares atualmente.

A linha J, da Samsung, começou a ser produzida com um único propósito: alcançar grandes vendas. Os atrativos da linha vão desde câmeras de ótima qualidade até aparelhos com configurações mais básicas, mas com um preço mais acessível. No caso do Galaxy J5, o produto se destaca pela grande qualidade multimídia. Com uma câmera de 13MP e capaz de gravar em Full HD o aparelho conta com um preço acessível se comparado com outros modelos.

O produto tem configurações acima da média e cumpre bem suas funções, sendo assim uma das melhores opções de custo benefício e capturando cerca de 1,4% das rendas do mercado para a Samsung.

 4. Samsung Galaxy J3

Faixa de preço: de R$ 649 até R$ 1.026
Vendas: 6 milhões

O Galaxy J3 continua um sucesso apesar de ter sido lançado a quase 1 ano.
Reprodução/ Samsung
O Galaxy J3 continua um sucesso apesar de ter sido lançado a quase 1 ano.


Lançado a mais de 1 ano, o Samsung Galaxy J3 ainda consegue atingir vendas impressionantes. O aparelho aposta na simplicidade aliada aos preços baixos, o fazendo um aparelho super rentável para usuários que procuram um smartphone para usar redes sociais e aplicativos simples.

Apesar de pecar na multimídia, o Galaxy J3 conquistou o público por ser um aparelho na média. Ele não atinge performances excepcionais e é incapaz de suportar aplicativos mais complexos, entretanto ele executa as funções básicas com grande êxito, sem apresentar probelmas de travar ou baixas resoluções em vídeos.

 3.  Oppo R9s

Faixa de preço: de R$ 1.152,57 até R$ 1.572,47
Vendas: 9 milhões


Pouco conhecido, o Oppo R9s consegue desbancar gigantes como o Iphone quando se trata de multimídia.
Reprodução
Pouco conhecido, o Oppo R9s consegue desbancar gigantes como o Iphone quando se trata de multimídia.

Conhecida por produzir DVD`s, leitores de bluray e TVs a Oppo entrou recentemente no mercado de smartphones com apostas altas. O R9s é atualmente um dos aparelhos mais avançados do mercado por conta das suas configurações e da sua capacidade multimídia impressionante. Com uma câmera de 16MP com capacidade de gravar a 4K, o aparelho também conta com uma memória interna de 64GB - expansível até 124GB via micro SD -, e um processador de oito núcleos com 4GB de memória RAM que garante a ele uma performance boa em aplicativos mais complexos.

Apesar de tudo isso, o Oppo R9s impressiona ainda mais pelo preço. Com ótimas configurações o aparelho passa pouco da faixa dos mil reais, rendendo a ele uma fatia de 2,5% das rendas totais do mercado.

2. iPhone 7 Plus

Faixa de preço: de R$ 3.484 até R$ 3.959
Vendas: 17 milhões

Com visual moderno, o iPhone 7 Plus se destaca no mercado de smartphones de alto desempenho.
Reprodução/ Apple
Com visual moderno, o iPhone 7 Plus se destaca no mercado de smartphones de alto desempenho.


Apesar dos alto preços os produtos da Apple ainda lideram a lista. A nova geração do iPhone, lançada no final do ano passado, trouxe aparelhos com configurações top de linha. Em comparação com o iPhone 7, o iPhone 7 Plus trás um processador melhor com 1GB a mais de memória RAM e uma bateria com autonomia mais longa. Ambos aparelhos contam com ótimas câmeras de 12MP capazes de gravar em 4k. Sinônimo de status, o iPhone 7 Plus conta com uma espessura de 7,2 milímetros - um dos telefones mais finos que existem -, e captura cerca de 4,9% das rendas no primeiro semestre.

Leia mais:  Robôs aumentam polarização dos debates nas redes sociais, diz pesquisa

1. iPhone 7

Faixa de preço: de R$ 3.484 até R$ 3.959
Vendas: 21 milhões

A chegada de aparelhos de alto desempenho com preços mais acessíveis pode ameaçar a hegemonia da Apple
Reprodução/ Apple
A chegada de aparelhos de alto desempenho com preços mais acessíveis pode ameaçar a hegemonia da Apple


Enquanto a Samsung ainda sente o baque causado pelos problemas de bateria do Note 7 e se prepara para o lançamento do S8, a Apple abre uma grande margem de vantagem em relação aos seus concorrentes. De longe o produto mais popular do mercado, o iPhone 7 abocanha cerca de 6,1% dos lucros do mercado de smartphones no primeiro semestre de 2017 (cerca de 4% a mais que a concorrente Oppo).

O aparelho popularizou grandes inovações como a resistência a água, uma câmera capaz de gravar a 4k e suporte para conexões 4G. Entretanto, os produtos da Apple tem a tendência de começar a enfrentar a concorrência de outros mais baratos e com configurações equivalentes, como o R9s da Oppo que já está ganhando mercado.

Diante das expectativas do iPhone 8, com previsões de lançamento para o final desse ano, muitas perguntas se levantam. Apesar de vazamentos exporem mudanças radicais no design do produto e o suporte para uma nova versão do iOS, seria isso o suficiente para justificar a cabeceira do ranking de melhores celulares do mundo de agora em diante?

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.