Tamanho do texto

Nova tecnologia tem capacidade de transportar duas pessoas por vez e pode voar por no máximo 30 minutos; não há previsão de início das atividades

Brasil Econômico

Na segunda-feira (25), a empresa alemã Volocopter  efetuou o primeiro teste de táxi voador autônomo. A experiência, com duração de cerca de cinco minutos, foi feita durante uma cerimônia organizada para o príncipe de Dubai, Sheikh Hamdan bin Mohammed, em sua cidade.

Leia também: Twitter remove quase 1 milhão de contas por terrorismo em apenas dois anos

Táxi voador testado tem capacidade de voar por no máximo 30 minutos, e funcionará de forma semelhante aos aplicativos usuais de transporte
repdodução/YouTube
Táxi voador testado tem capacidade de voar por no máximo 30 minutos, e funcionará de forma semelhante aos aplicativos usuais de transporte

Em vez de uma cauda, o design do veículo apresenta 18 hélices na parte superior e se assemelha muito a um drone . Além disso, o táxi voador também nomeado de “Volocopter” é equipado com baterias extras, retores e paraquedas para garantir a segurança dos usuários da frota. No teste, o veículo planou a uma altura de aproximadamente 200 metros do solo.

A nova tecnologia tem capacidade de voar por no máximo 30 minutos, o que não permite viagens de longa duração, e funcionará de forma semelhante aos aplicativos usuais de transporte, com a diferença que o táxi voador iria buscar e deixar o cliente em um “voliporto”.

Leia também: Como liberar a memória interna de celulares Galaxy com um cartão microSD

Capacidade da aeronave

O Volocopter tem capacidade de transportar apenas dois usuários por vez, ou seja, nenhum dos assentos é destinado ao piloto, por justamente se tratar de um transporte que funciona de forma autônoma.

No vídeo disponível no canal do YouTube da empresa é possível conferir parte do teste que aconteceu sem a presença de ninguém dentro do veículo. No curta, de pouco menos de dois minutos, é possível ver as hélices dando inícios às atividades e a decolagem e pouso na vertical.

Vale destacar que a Volocopter está concorrendo com outras empresas o desenvolvimento de uma nova forma de transporte urbano. Entre as concorrentes estão a Airbus e a Kity Hawk, que conta com o apoio do cofundador do Google, Lary Page e da Uber. Embora o teste já tenha sido realizado, ainda não há previsão de quando o táxi voador começará a operar.

 Leia também: Golpe no Facebook utiliza passagens aéreas para ganhar dinheiro sobre vítimas

    Leia tudo sobre: inovação
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.