Tamanho do texto

De acordo com balanço, rede social perdeu cerca de um milhão de usuários nos Estados Unidos e no Canadá, dois de seus mercados mais importantes

Brasil Econômico

Enquanto perdeu usuários nos EUA e no Canadá, Facebook ganhou 32 milhões de usuários no resto do mundo
Reprodução/Twitter
Enquanto perdeu usuários nos EUA e no Canadá, Facebook ganhou 32 milhões de usuários no resto do mundo

Pela primeira vez desde sua criação, o Facebook, a maior rede social no mundo, teve queda no número usuários na região em que foi criado. No quarto trimestre de 2017, a plataforma perdeu um milhão de usuários diários. O resultado foi divulgado em balanço trimestral e diz respeito aos Estados Unidos e Canadá, dois dos mercados mais importantes para a empresa.

Leia também: Facebook anuncia nova mudança no feed para priorizar notícias locais

Nos dois países, o número de usuários diários no Facebook passou de 185 para 184 milhões. Ao mesmo tempo, a empresa viu sua popularidade aumentar no restante do mundo, ao ganhar 32 milhões de novos usuários diários. O total de pessoas que usam a rede social pelo menos uma vês no mês nos Estados Unidos e no Canadá permaneceu estável em 239 milhões.

Os dados correspondem a um recente anúncio feito pelo  Mark Zuckerberg , CEO e fundador da rede social, que considerou 2017 um ano vigoroso e difícil ao mesmo tempo. Segundo ele, este ano, a plataforma deve se concentrar mais no bem-estar dos seus usuários.

Alterações no Facebook

Em publicação recente, Zuckerberg anunciou que os usuários começariam a perceber uma presença maior de postagens de amigos, familiares e grupos no feed de notícias . A mudança fará publicações de páginas de empresas terem menos espaço.

"Em 2018, estamos focados em garantir que o Facebook não seja apenas divertido de usar, mas também seja bom para o bem-estar das pessoas e para a sociedade. Estamos fazendo isso encorajando conexões significativas entre pessoas em vez de consumo passivo de conteúdo”, justificou.

Leia também: Procura vagas de emprego? Conheça nova experiência de busca do Google

Além de um fluxo maior de postagens de pessoas próximas, a rede social também dará mais espaço às notícias locais . A ideia é dar mais destaque para informações que ofereçam impacto direto em você e em sua comunidade. "Notícias locais nos ajudam a entender os problemas que interessam em nossas comunidades e afetam nossas vidas", disse Zuckerberg.

Leia também: Aniversário do Orkut: confira as comunidades mais inusitadas da rede social

O Facebook afirma que identifica como fonte de notícias locais as páginas que publicam links que são muito acessados por usuários de uma área geográfica específica. Assim, caso um post relacionado a uma notícia da sua região é publicada por uma página que você segue ou é compartilhada por seus amigos, aumentam as chances do conteúdo aparecer no seu feed.

    Leia tudo sobre: Facebook
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.