Tamanho do texto

Segundo o site MSPowerUser, há vários meses, as versões para dispositivos móveis e para PC do serviço deixaram de localizar o destino das corridas

Brasil Econômico

Tem celular que roda Windows Phone, mas quer continuar usando a Uber? O jeito será migrar para outro aparelho
Divulgação
Tem celular que roda Windows Phone, mas quer continuar usando a Uber? O jeito será migrar para outro aparelho

Os usuários de Windows 10 mobile não têm mais acesso ao aplicativo de transporte  Uber  . De acordo com o site  MSPowerUser , a falta de atualização no sistema operacional por conta do fim dos investimentos da Microsoft no Windows Phone é apontada como a principal a razão do não funcionamento do serviço.

Leia também: Tinder disponibilizará opção de somente mulheres iniciarem conversa após o match

Além da versão para dispositivos móveis, o Windows para desktop também deixou de rodar o aplicativo do  Uber . Segundo o portal, há vários meses, tanto o PC quanto o aplicativo para Windows Phone pararam de localizar pelo GPS o destino dos usuários, o que acabava impedindo a realização dos pedidos.

Ao ser questionada, plataforma de carros particulares admitiu que não está mais operando por meio do Windows e recomendou, aos usuários que quiserem continuar realizando corridas pelo serviço, a migração para um celular com iOS 7 ou posterior ou um Android 4.1 Jelly Bean ou posterior.

Encerramentos no Windows Phone

No dia 31 de dezembro do ano passado, o WhatsApp também parou de oferecer suporte para alguns celulares com o sistema da Microsoft. Na ocasião, o aplicativo afirmou que não ficaria mais disponível para Windows Phone 8.0. Além dele, BlackBerry OS e BlackBerry 10 e versões anteriores também perderam o suporte.

Leia também: Messenger Kids chega para Android com opções lúdicas de bate-papo às crianças

A empresa alegou que a decisão foi tomada porque os aparelhos não têm a capacidade mínima para suportar e executar com perfeição futuras expansões do aplicativo. "Queremos concentrar nossos esforços nas plataformas de celular que a maioria das pessoas utiliza", disse o WhatsApp em comunicado na época.

"Por mais que estes aparelhos celulares [Nokia, Windows Phone, etc.] tenham feito uma importante parte de nossa história, eles não possuem a capacidade requerida para que possamos expandir os recursos de nosso aplicativo no futuro".

Leia também: WhatsApp deixará de oferecer suporte para alguns celulares com Windows Phone

Assim como o Uber, o WhatsApp recomendou que os usuários atualizem o sistema operacional de seus dispositivos ou que migrem para celulares que Android 4.0, iOS 7, Windows Phone 8.1 ou versões superiores para continuarem utilizando os serviços.