Tamanho do texto

Mesmo após anos de sua morte, "El Gabo" continua transportando leitores para o inconfundível realismo mágico, como no clássico "Cem anos de Solidão" e para a triste realidade de obras como "Notícias de um sequestro"

Brasil Econômico

Arte do Doodle ilustra um dos seus maiores feitos, a cidade mágica de Macondo da obra
Reprodução
Arte do Doodle ilustra um dos seus maiores feitos, a cidade mágica de Macondo da obra "Cem anos de solidão"

Ah! Fazia tempo que o Google não nos presenteava com uma bela arte do seu logotipo. E o Doodle de hoje não poderia ser melhor: a homenagem é para o escritor colombiano Gabriel García Márquez, já que, neste 6 de março, ele completaria 91 anos de idade.

Leia também: Conheça a capa que transforma a traseira do iPhone em um Mini Game

Além de autor, “El Gabo”, como era conhecido na América Latina, foi jornalista, ativista político e vencedor do Prêmio Nobel de Literatura em 1982. No Doodle é possível conferir a ilustração de uma de suas maiores obras, a cidade mágica de Macondo do romance "Cem anos de solidão".

“No fundo da selva amazônica, através da copa verde luxuriante e da vibração de múltiplas cores da floresta quente e úmida, olhe cuidadosamente e você possa vislumbrar uma cidade de espelhos; uma cidade separada do mundo por uma extensão de água e, no entanto, reflete tudo sobre isso; uma cidade que abriga a família Buendia e o local de estranhos acontecimentos mundanos”.

Leia também: Netflix atualiza ferramenta de controle dos pais para dar autonomia em bloqueios

Ao longo de sua carreira, El Gabo escreveu mais de 25 livros capazes de transportar seus leitores para um realismo mágico e também para a realidade em obras de não ficção como Notícias de um sequestro , em que coletou depoimentos de pessoas que foram sequestradas na Colômbia durante a década de 1990 pelo “Cartel de Medellín”, grupo comandado pelo traficante Pablo Escobar. 

Gabriel García Márquez faleceu em 2014, anos 87 anos.

Doodle pelo mundo

Hoje, quem mora em Gana está conferindo um doodle diferente. Há – apenas – 61 anos, o país conquistava a independência do Reino Unido e nomeava Kwame Nkrumah, líder da independência e um dos fundadores do movimento pan-africanista, como seu primeiro ministro. Em 1962, Nkrumah foi triunfado com o Prêmio Lênin da Paz.

Já na Suécia, o doodle é de cunho religioso e homenageia a temporada de Semla, um pão de cardamomo recheado com massa de amêndoas e chantilly. O doce datado de 1541 era consumido pela monarquia e classes altas do país todas as terças-feiras entre o Shrove Tuesday - dia anterior ao início do período cristão da Quaresma – e a Páscoa, antes do jejum de Quaresma.

Leia também: Sem recursos, professor de computação viraliza ao desenhar tela do Word em lousa

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.