Tamanho do texto

Algoritmo do Google criado no Brasil vai guardar últimas pesquisas para oferecer opções de respostas adicionais dentro da mesma área temática

Google anuncia duas mudanças nos seus algoritmos de busca com técnicas de machine learning
Divulgação/Google
Google anuncia duas mudanças nos seus algoritmos de busca com técnicas de machine learning


Ele foi criado na sede do Google em Belo Horizonte, Minas Gerais, chegou primeiro aos Estados Unidos, mas agora passará a ser implementado pouco a pouco em todos os lugares do mundo. Quem é ele? Um novo algoritmo da empresa que pretende oferecer opções extras de resposta com base em buscas sucessivas de uma mesma área temática.

Leia também: Spotify revela mudanças que aproximam versão gratuita da versão paga do serviço

A novidade que foi anunciada nesta terça-feira (24) pelo Google usa a técnica de "machine learning" que consiste num algoritmo que aprende com o comportamento dos usuários e pretende oferecer opções de resposta mais próximas do desejado e de maneira mais rápida. Ela se conecta com o objetivo da empresa de "colocar a inteligência artificial em primeiro lugar", segundo afirmou o próprio presidente do Google Brasil, Fábio Coelho.

Na prática, a mudança significa que quando um usuário buscar, por exemplo, o termo "Cidade de Deus" e na sequência fizer uma busca como "Tropa de Elite", já nesta segunda busca o Google mostrará cards com outras opções de "filmes brasileiros indicados ao Oscar".

Leia também: Uber adotará medida de segurança que "esconde" locais de embarque e desembarque

Da mesma forma, se um usuário digitar "Chico Buarque" no campo de busca e logo depois "Gal Costa", o algoritmo vai mostrar uma série de "cantores de MPB":

Novo algoritmo do Google criado no Brasil vai relacionar buscas temáticas feitas em sequência
Divulgação/Google
Novo algoritmo do Google criado no Brasil vai relacionar buscas temáticas feitas em sequência

Mais mudanças

Outra mudança anunciada pela empresa também envolve a técnica de " machine learning ", mas diz respeito a mostrar resultados mais significativos para a junção de dois termos. No exemplo citado na própria apresentação do Google, se um usuário pesquisar por "Daniel Alves e Neymar", receberá como resultado imagens em que os dois jogadores brasileiros aparecem juntos e outras informações coletadas na web que deem a dimensão da relação entre eles.

Leia também: Que tal uma 'Alexa móvel'? Amazon deve lançar robô doméstico em 2019

Mas o Google também afirmou que a novidade vai valer até para pesquisas menos específicas como "vestimentos de capoeira" que exibirá também roupas para outras modalidades. Já para consultas como "cabelo Ivete Sangalo", o usuário encontrará textos, fotos e vídeso sobre momentos em que a cantora citou seu cabelo ou em que esse atributo foi destaque. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.